Inteligência artificial é aliada no desenvolvimento da ciência do esporte

Paulo Santiago comenta sobre a tecnologia que analisa dados de corredores em esteiras e identifica a possibilidade de fadiga durante os treinos

 23/10/2020 - Publicado há 1 ano

Na coluna Ciência e Esporte desta semana, o professor Paulo Roberto Santiago fala sobre o 9º Congresso Brasileiro de Sistemas Inteligentes (Bracis) e o 16º Encontro Nacional de Inteligência Artificial e Computacional (Eniac, que acontecem dos dias 20 a 23 de outubro. Segundo o professor, os eventos são importantes para a área de computação e inteligência artificial no Brasil, incluindo a ciência do esporte.

O professor destaca um dos trabalhos aceitos, de um estudante de graduação da USP de Ribeirão Preto, que consiste em usar inteligência artificial para classificar padrões de corrida, especificamente associados à fadiga, e elaborar treinos mais eficientes. 

Para obter esses padrões, o aluno utilizou sensores de carga conectados à base de uma esteira ergométrica de baixo custo para mostrar ao corredor a ocorrência de fadiga durante o treino. Todas as informações extraídas durante os treinos são então classificadas por Redes Neurais Artificiais (RNAs), que analisam todos os dados experimentais e apresentam as possibilidades de fadiga ou não do corredor.

O professor Santiago aponta nesse trabalho a importância da parceria interdisciplinar entre ciência do esporte e computação. Além disso, o trabalho teve financiamento da Fapesp, CNPq e do Edital Pró-Reitoria de Pesquisa da USP, o que mostra como o esporte pode gerar estudo e aplicação em diversas áreas.

Os ouvintes podem participar da coluna Ciência e Esporte, sugerindo temas ou enviando questões para as próximas edições pelo e-mail ou através de comentários no canal da coluna no YouTube. A única restrição é que sejam temas relacionados à ciência e esporte. 

Ouça no player acima a íntegra da coluna Ciência e Esporte.


Ciência e Esporte
A coluna Ciência e Esporte, com o professor Paulo Santiago, vai ao ar toda sexta-feira às 10h00, na Rádio USP (São Paulo 93,7 FM; Ribeirão Preto 107,9 FM) e também no Youtube, com produção do Jornal da USP e TV USP.

.


Política de uso 
A reprodução de matérias e fotografias é livre mediante a citação do Jornal da USP e do autor. No caso dos arquivos de áudio, deverão constar dos créditos a Rádio USP e, em sendo explicitados, os autores. Para uso de arquivos de vídeo, esses créditos deverão mencionar a TV USP e, caso estejam explicitados, os autores. Fotos devem ser creditadas como USP Imagens e o nome do fotógrafo.