As principais notícias do ano de 2016 em retrospectiva

Leia um resumo das principais notícias veiculadas pela Sala de Imprensa durante 2016

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Inclusão social, igualdade de gêneros, novos dirigentes empossados, segurança dos campi. Esses foram alguns dos temas veiculados pela Sala de Imprensa durante 2016. Foram mais de 600 textos publicados ao longo do ano. Confira, a seguir, as matérias mais acessadas do ano.

Sistema de Seleção Unificado (SiSU)

O ano de 2016 foi de estreia do Sistema de Seleção Unificado (SiSU) como forma alternativa de ingresso aos cursos de graduação da USP. A experiência foi considerada um sucesso e, para o vestibular de 2017, o Conselho Universitário ampliou o número de vagas oferecidas para 2.338 (21% do total de vagas).

HeForShe_UNWHQ_19Sept2016__MG_7946_1Campanha Elas Sempre Podem

O Escritório USP Mulheres se consolidou como o órgão da Universidade responsável pela promoção da igualdade de gêneros, realizando treinamentos, debates, seminários e campanhas de conscientização. Em setembro, a coordenadora do Escritório, Eva Alterman Blay, representou a USP na apresentação do relatório da campanha HeForShe, na Assembleia Geral da ONU (foto).

Bolsas de estudo

A Universidade ofereceu seis mil bolsas para os alunos de Graduação no valor de R$ 400; 300 bolsas de intercâmbio internacional; além das bolsas de permanência estudantil, como o auxilio-alimentação, auxílio-transporte e o auxílio-livro.

Rankings internacionais

A USP manteve a liderança na América Latina nos principais rankings internacionais, como os elaborados pelas consultorias britânicas Times Higher Education (THE) e Quacquarelli Symonds (QS), e pela chinesa Shanghai Ranking Consultancy (ARWU). O QS também classificou a USP entre as 50 melhores do mundo em seis áreas de concentração: Arquitetura (37º); Engenharia de Minérios e Minas (36º); Agricultura e Silvicultura (26º); Ciência Veterinária (38º); Odontologia (9º); e Antropologia (34º).

Jogos Olímpicos

869O Centro de Práticas Esportivas da USP (Cepeusp) abrigou, entre julho e agosto, as delegações de canoagem da China e da Rússia (foto), e as de atletismo da França e da Itália. Os atletas utilizaram as instalações do Centro para fazer a aclimatação e preparação para os Jogos Olímpicos, realizados em 2016, no Rio de Janeiro.

Rede Zika

Várias unidades da USP participaram da força-tarefa que mobilizou pesquisadores brasileiros e estrangeiros para o estudo do zika vírus. Em janeiro, o Instituto de Ciências Biomédicas (ICB) sediou uma reunião com representantes do Instituto Pasteur de Dakar (Senegal). Pesquisadores do Instituto Pasteur de Paris se reuniram com pesquisadores da USP e da Fiocruz para fazerem o planejamento da validação de testes diagnósticos inovadores, do desenvolvimento de vacinas e de estudos epidemiológicos e clínicos que possam explicar a epidemia de microcefalia no Brasil. A Agência USP de Cooperação Acadêmica Nacional e Internacional (Aucani) promoveu o workshop “Além da zika”, em conjunto com o Instituto Pasteur e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Parcerias

Além da parceria com o Instituto Pasteur, a USP também aprofundou a parceria com a Université Sorbonne Paris Cité (USPC), selecionando o professor do Departamento de Química da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP), Antonio Claudio Tedesco, para coordenar, durante um ano, o escritório de representação da USP na universidade francesa. Em setembro, a USP e o Serviço Social do Comércio (SESC) assinaram um termo de cooperação técnica para promover a discussão de questões pertinentes ao Brasil e ao mundo e fomentar as artes e o pensamento. O primeiro projeto realizado pela parceria é a exposição “Adornos do Brasil Indígena: resistências contemporâneas”, com acervo do MAE da USP, que está no Sesc Pinheiros até o dia 8 de janeiro.

Poder público

Em junho, a Universidade cedeu dois terrenos para o Município de São Paulo: um destinado para uma Unidade Básica de Saúde (UBS) e o outro, para implantação de um Centro de Educação Infantil (CEI). Ainda em relação à Prefeitura, em agosto a USP assinou um convênio de apoio a atividades assistenciais e articulação do Centro de Saúde-Escola “Geraldo de Paula Souza”, da Faculdade de Saúde Pública (FSP), com a Rede Municipal de Saúde de São Paulo, para ampliar os atuais serviços prestados à população da região Oeste da cidade e implantar uma Unidade de Referência à Saúde do Idoso (URSI), integrada à rede de atenção da Secretaria Municipal da Saúde de São Paulo.

Diretora MP Solange recortada 2Novos dirigentes

O ano de 2016 também foi marcado pelas cerimônias de posse de novos dirigentes da Universidade: Paulo Saldiva e Guilherme Ary Plonski, no Instituto de Estudos Avançados (IEA); Margaret de Castro e Rui Alberto Ferriani, na Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP); Marilene Proença Rebello de Souza e Andrés Eduardo Aguirre Antúnez, no Instituto de Psicologia (IP); Pietro Ciancaglini e Marcelo Mulato, na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP); Léa Assed Bezerra da Silva e Arthur Belém Novaes Junior, na Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP); Carlos Roberto Ferreira Brandão, no Museu de Arte Contemporânea (MAC); Solange Ferraz de Lima (foto), no Museu Paulista (MP); e Maria Arminda do Nascimento Arruda e Paulo Martins, na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH).

Os professores Carlos Gilberto Carlotti Jr. e Marcelo de Andrade Roméro assumiram os cargos de pró-reitor de Pós-Graduação e pró-reitor de Cultura e Extensão Universitária, respectivamente. Antonio Carlos Hernandes e José Eduardo Krieger foram reconduzidos aos seus respectivos cargos de pró-reitor de Graduação e pró-reitor de Pesquisa.

Sistema de Votação Eletrônica

Em fevereiro, pela primeira vez, os representantes das categorias docentes junto ao Conselho Universitário (Co) foram eleitos pelo sistema de votação eletrônica. A eleição foi coordenada pela Secretaria Geral da Universidade e o processo de votação e totalização dos votos ficou sob responsabilidade da Superintendência de Tecnologia da Informação (STI). Em agosto, os representantes dos servidores técnicos e administrativos também foram eleitos por votação on-line; e, em outubro, foi a vez dos representantes dos alunos de pós-graduação estrearem o novo sistema.

USP Talks

Para aproximar a Universidade da sociedade, a Pró-Reitoria de Pesquisa criou, em parceria com o jornal O Estado de S. Paulo e com a Livraria Cultura, o USP Talks – palestras de curta duração que abordam temas atuais, ministradas na última quarta-feira do mês por especialistas. Na edição de 2016, o USP Talks teve oito palestras, que abordaram temas como corrupção, mudanças climáticas, câncer, violência contra mulheres.

Escritório de Desenvolvimento de Carreiras

A Pró-Reitoria de Graduação (PRG) lançou, em março, o Escritório de Desenvolvimento de Carreiras, destinado a apoiar alunos da Universidade em suas reflexões e ações para suas trajetórias profissionais. Em 2016, o escritório realizou palestras e oficinas abordando temas como modelo de negócio, mercado de trabalho, negócios de impacto social, além de atendimentos individuais a alunos.

Conferências internacionais

994X4641No dia 8 de março, a Aucani promoveu a Conferência USP 2024, com o propósito de discutir o futuro da Universidade com vistas a seu nonagésimo aniversário de fundação. Em outubro, a USP sediou a conferência internacional que marcou o 28º aniversário da Magna Charta Universitatum, documento que se tornou referência para os valores e princípios fundamentais das Universidades. Realizado anualmente, o encontro elenca os desafios atuais em confirmação aos valores fundamentais das instituições de ensino superior. Esta foi a primeira vez que o evento foi realizado fora da Europa. Cerca de 130 dirigentes e representantes de universidades, entidades e instituições governamentais nacionais e internacionais participaram do evento.

Cátedras

No dia 17 de fevereiro, foi realizado o lançamento oficial da cátedra Olavo Setubal de Arte, Cultura e Ciência, do Instituto de Estudos Avançados (IEA), em parceria com o Instituto Itaú Cultural. O primeiro titular da cátedra é o ex-secretário Nacional de Cultura, Sérgio Paulo Rouanet. No dia 4 de março, o ex-ministro da Espanha, Felipe González Márquez, tomou posse como o novo titular da Cátedra José Bonifácio, do Instituto de Relações Internacionais (IRI). González substitui a escritora Nélida Piñon.

Prêmio USP de Direitos Humanos

994X8343O médico e escritor Drauzio Varella (foto) recebeu o Prêmio USP de Direitos Humanos de 2016. O prêmio é concedido anualmente a pessoas e instituições que, por suas atividades exemplares, tenham contribuído para os Direitos Humanos no Brasil.

Avaliação institucional

A avaliação institucional e docente foi um dos grandes assuntos discutidos neste ano. Em março, mais de 400 novos docentes participaram de um encontro de integração no Auditório do Centro de Difusão Internacional (CDI), na Cidade Universitária, para discutir a avaliação. Nos campi do interior, a discussão foi realizada no começo de junho. O novo sistema de avaliação da Universidade foi aprovado pelo Conselho Universitário em reunião do dia 8 de novembro.

Ajuste Orçamentário

Várias medidas de ajuste do orçamento foram tomadas em 2016. Como parte dessas medidas, houve uma segunda etapa do Programa de Incentivo à Demissão Voluntária (PIDV). O professor da Faculdade de Direito, especialista em Direito Administrativo, Fernando Dias Menezes de Almeida, foi designado para ocupar o cargo de controlador-geral da Universidade.

126ISCN.FOTO MARIOLLORCA.COMPrêmio de Sustentabilidade no Campus

Em junho, a USP foi agraciada com o prêmio Sustainable Campus Excellence Award, concedido pela Rede Internacional dos Campi Sustentáveis (ISCN, na sigla em inglês). A Universidade foi a vencedora na categoria “Excelência no Campus”, que reconhece projetos e iniciativas voltados para o planejamento sustentável (foto).

Aplicativo de segurança

Em setembro, a Superintendência de Segurança, em parceria com a Superintendência de Tecnologia da Informação e um grupo de técnicos do Campus USP “Fernando Costa”, lançaram o aplicativo para monitoramento de segurança dos campi. No aplicativo, o usuário pode registrar ocorrências, fazer chamadas de emergência para a Guarda Universitária, ver o mapa de segurança e ativar o sistema de alerta. Em novembro, o aplicativo ganhou três novas funcionalidades. Agora, os usuários também poderão registrar denúncias de violência contra mulher, incêndio e emergências médicas.

Aproximação com a sociedade

Em 2016, muitas ações procuraram ampliar a aproximação com a sociedade, dentro e fora da Universidade. Foi criado o programa “Parceiros da USP” – que traça as diretrizes a respeito de formas de doações a serem feitas para a USP, e outros meios de parceria e programas, no intuito de viabilizar a entrada de recursos nos cofres universitários.

Com a proposta de melhorar a gestão da Universidade, bem como aprimorar e ampliar a relação da Instituição com a sociedade e o setor produtivo, a USP anunciou em setembro, o projeto USP do Futuro. Os custos do projeto, que está sendo desenvolvido pela consultoria McKinsey, estão sendo pagos, em forma de doação, por um pool de ex-alunos da Universidade.

Em outubro, foi lançado o Portal Alumni, para reunir os antigos alunos de Graduação e de Pós-Graduação (Mestrado e Doutorado) da Universidade. No portal, os antigos alunos [tradução do latim do termo alumni] poderão encontrar seus colegas de turma, criar sua rede de contatos e receber aconselhamento profissional.

Em dezembro, foi assinado o acordo de cooperação entre a USP e o Grupo Mulheres do Brasil, que tem por objetivo a regulamentação da relação entre as duas partes para a restauração das instalações do Museu Paulista.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail