Ribeirão Preto inaugura nova sede do IEA e estúdio de gravação

O estúdio de gravação da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto produzirá as videoaulas da Unidade

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn2Print this pageEmail
[Da esq. p/ dir.] O professor José Nelson Onuchi; o vice-diretor do IEA, Guilherme Ary Plonski; o diretor do IEA-RP, Fernando Cunha; e o reitor Marco Antonio Zago. Foto: Cecília Bastos/USP Imagem
No dia 23 de outubro, o reitor Marco Antonio Zago participou das cerimônias de inauguração da nova sede do Instituto de Estudos Avançados Polo Ribeirão Preto (IEA-RP) e do estúdio de gravação da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (Fearp).

Instalada em um espaço de cerca de 400 metros quadrados, onde funcionava uma agência do Banco Santander, a nova sede do IEA-RP abrigará atividades dos grupos de estudos e de professores visitantes. “Estamos estruturando grupos de estudos que irão contemplar duas áreas acadêmicas: as conceituais, que investigam de forma multidisciplinar os temas de grande impacto nos próximos 50 anos, e a área de políticas públicas, que vão produzir documentos para auxiliar as administrações na formulação e aplicação dessas políticas”, explica o coordenador do IEA-RP, Fernando de Queiroz Cunha.

O professor da Rice University, José Nelson Onuchi, ministrou a palestra de inauguração da nova sede do IEA-RP. Foto: Cecília Bastos/USP Imagem

O reitor ressaltou que o grande desafio da USP é educar para o futuro e continuar formando as lideranças do País. “Todos os países procuram ter pelo menos uma universidade de pesquisa de classe mundial. A USP é a universidade de pesquisa de classe mundial do Brasil, e preservar essa liderança demanda investimentos, exige valorização de pesquisadores, exige captação de recursos financeiros para as atividades de pesquisa e inovação. O IEA tem um papel importante no fortalecimento desta visão de Universidade e ajuda a cumprir a principal meta desta gestão que é a de derrubar os muros da USP para construirmos pontes com a sociedade”, disse Zago.

O Instituto de Estudos Avançados é um órgão de integração voltado para a pesquisa e a discussão aprofundada e abrangente de questões fundamentais da ciência, da tecnologia, da cultura e demais áreas do conhecimento. Na USP, o IEA foi criado em 1986, no campus da Capital. O polo de Ribeirão Preto surgiu em 2009.

Para o vice-diretor do IEA, Guilherme Ary Plonski, “o ponto central, a missão do IEA-RP é ajudar a USP a estar cada vez mais inserida na sociedade, por meio da capacidade de auscultar, de trazer talentos, de fornecer uma metodologia e um espaço de convivência para gerar conhecimentos novos e de compartilhar esses conhecimentos de forma a beneficiar melhor cada segmento da sociedade”.

O professor da Rice University e codiretor do Centro para Física Biológica Teórica, José Nelson Onuchic, foi o convidado para proferir a palestra de abertura. Com o título “Como a física teórica ajuda a entender a biologia do câncer?”, Onuchic apresentou pesquisas desenvolvidas na área de física biológica, ramo da ciência que surgiu há pouco mais de uma década e utiliza conceitos da física para criar modelos que permitam estudar sistemas complexos vivos.

Prestigiaram a cerimônia o pró-reitor de Pós-Graduação, Carlos Gilberto Carlotti Jr.; o pró-reitor de Pesquisa, José Eduardo Krieger; o superintendente de Espaço Físico, Osvaldo Shigueru Nakao; representantes do poder público; diretores de Unidades, docentes, funcionários e alunos.

Novo estúdio de gravação da Fearp

No mesmo dia, foi inaugurado o novo estúdio de gravação da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto (Fearp). O objetivo do estúdio é proporcionar a gravação, edição e disponibilização de videoaulas elaboradas pelos professores da Unidade, como instrumento didático dos cursos de graduação, pós-graduação e extensão.

Durante o evento, a plateia pôde acompanhar uma entrevista ao vivo realizada com o reitor no novo estúdio. Foto: Cecília Bastos/USP Imagem

“Esse é um momento muito importante na nossa Faculdade porque conseguimos melhorar a estrutura para nossos cursos de ensino a distância. Essa é uma necessidade premente nos dias de hoje, dado o avanço das novas tecnologias e da possibilidade do uso de ensino a distancia nos cursos de graduação, de pós-graduação, de extensão e de difusão”, afirmou o diretor da Fearp, Dante Pinheiro Martinelli.

O reitor Marco Antonio Zago ressaltou que “esse estúdio representa um progresso, um reforço para o ensino. Porém, a mudança na cultura do ensino é lenta e vai ocorrendo aos poucos na Universidade. A disponibilização da infraestrutura para essa mudança cultural é fundamental, assim como o treinamento dos docentes, acostumados às aulas presenciais. Essa tecnologia também é muito importante para os cursos de extensão e especialização, pois disponibiliza para a sociedade a enorme competência que existe dentro da Universidade”.

O espaço é formado por dois pequenos estúdios totalmente equipados, que podem ser utilizados simultaneamente, possibilitando a gravação, edição e transmissão ao vivo de videoaulas. A reforma do espaço e o investimento foram feitos em parceria com a Fundação para Pesquisa e Desenvolvimento da Administração, Contabilidade e Economia (Fundace), por meio do Programa Parceiros da Fearp.

“Esse espaço trará a oportunidade de oferecer maior quantidade de cursos ao público da área de Negócios e, principalmente, contar com a colaboração de vários docentes da Fearp para melhoria da qualidade dos cursos oferecidos. Ao viabilizar os cursos a distância, a Fundace pretende acompanhar as mudanças tecnológicas e ultrapassar as barreiras da limitação física para a disseminação de conhecimentos. Os avanços da tecnologia permitem que o processo de comunicação ocorra de forma muito ágil e dispensam o deslocamento físico, aumentando seu raio de atuação e contribuindo para a formação continuada de maior quantidade de pessoas”, disse a professora da Fearp e diretora-presidente da Fundace, Sonia Valle Walter Borges de Oliveira.

Durante a cerimônia foi apresentada a videoaula “Inteligência de Mercado aplicada ao Comércio Exterior”, a primeira produzida pelo novo estúdio, ministrada pelo professor da Unidade, Dirceu Tornavoi de Carvalho. Em seguida foi transmitida uma entrevista ao vivo, concedida pelo reitor Marco Antonio Zago ao diretor Dante Pinheiro Martinelli.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn2Print this pageEmail

Textos relacionados