Reitoria decreta luto oficial pela morte da professora Ecléa Bosi

A Reitoria decretou luto oficial na USP, nos dias 10, 11 e 12 de julho, em razão do falecimento da professora emérita do Instituto de Psicologia

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

A Reitoria decretou luto oficial na USP, nos dias 10, 11 e 12 de julho, em razão do falecimento da professora emérita do Instituto de Psicologia (IP), Ecléa Bosi (foto), ocorrido no dia 9 de julho, em São Paulo. O IP também decretou luto oficial.

Ecléa, que tinha 80 anos, graduou-se na USP em 1966, onde fez Mestrado e Doutorado na área de Psicologia Social. Professora titular do Departamento de Psicologia Social e do Trabalho, começou a ministrar aulas no IP em 1967. Foi a idealizadora do Programa Universidade Aberta à Terceira Idade, desenvolvido pela Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária, e o coordenou durante mais de vinte anos.

Dentre suas obras mais importantes estão Memória e SociedadeCultura de Massa e Cultura Popular, Leituras de Operárias, Velhos Amigos, O Tempo Vivo da Memória e a antologia Simone Weil. Ecléa também traduziu autores importantes como Leopardi, Ungaretti, Garcia Lorca e Rosalía de Castro.

O velório será realizado a partir das 12h do dia de hoje (10/07), no Cemitério São Paulo (Rua Cardeal Arcoverde, 1250, em Pinheiros, em São Paulo). O enterro será realizado no dia 11 de julho, às 9h, no mesmo local.

A família da professora informa que a missa de sétimo dia será realizada no dia 15/07, às 10h, na Capela do Colégio Santa Cruz (Av. Arruda Botelho, 255, Alto de Pinheiros, em São Paulo).

(Matéria atualizada em 12/07/17)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados