USP segue entre as dez melhores universidades do Brics

Na 10ª posição, a USP é a única universidade brasileira entre as dez primeiras classificadas no QS University Ranking Brics, publicado no dia 19 de julho pela organização britânica de pesquisa em educação Quacquarelli Symonds.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Na 10ª posição, a USP é a única universidade brasileira entre as dez primeiras classificadas no QS University Ranking Brics, publicado no dia 19 de julho pela organização britânica de pesquisa em educação Quacquarelli Symonds. A China lidera a lista, com sete universidades entre as dez primeiras.

O ranking classifica as 250 melhores universidades dos países que compõem o Brics (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), utilizando oito indicadores: reputação acadêmica, reputação entre empregadores, proporção entre professores e estudantes, percentual de professores com doutorado, publicações por professor, citações em artigos científicos, quantidade de professores e estudantes estrangeiros.

Considerando-se apenas o desempenho em alguns indicadores, a USP foi a 3ª melhor classificada no indicador reputação acadêmica, a 5ª melhor em reputação entre os empregadores e a 7ª melhor em percentual de professores com doutorado.

O Brasil tem outras seis universidades entre as 50 melhores do ranking: a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) ficou na 12ª posição; a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), na 29ª; a Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” (Unesp) ficou em 36º lugar; a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), em 45º; e a Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ) e a Universidade Federal de Rio Grande do Sul (UFGRS) dividem a 46ª posição.

Quacquarelli Symonds

Publicado desde 2013, o QS University Ranking Brics é uma variação do QS World University – que avalia mais de 3 mil universidades do mundo e no qual a USP ocupa a 143ª posição. No QS Latin America, publicado em junho, a Universidade ocupa a primeira posição.

Em outro ranking da organização – o QS Rankings by Subject, publicado em março –, a USP ficou entre as 50 melhores do mundo em 6 das 42 áreas de concentração avaliadas: Odontologia (9ª posição); Agricultura e Silvicultura (26ª); Antropologia (34ª); Engenharia de Minérios e Minas (36ª); Ciência Veterinária (36ª); e Arquitetura (37ª).

Confira as dez primeiras colocadas no QS University Ranking Brics:

[table id=84 /]
Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados