USP sedia encontro para discutir inovação e empreendedorismo

O Business Innovation Network (BIN@SP) vai até o dia 9 de novembro e reúne pesquisadores, estudantes e empresários que atuam na área de inovação em mais de 40 países.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

O encontro vai até o dia 9 de novembro e reúne pesquisadores, estudantes e empresários que atuam na área de inovação em mais de 40 países

“As atividades que serão aqui desenvolvidas abordam três aspectos importantes: o empreendedorismo, a inovação e a cooperação internacional. O envolvimento de tantos parceiros, de países diferentes, indica que essas não são apenas questões locais, mas sim de interesse global”. Foi assim que o reitor Marco Antonio Zago definiu o Business Innovation Network São Paulo (BIN@SP 2016), na cerimônia de abertura do encontro.

994X7926
A cerimônia de abertura do encontro aconteceu na manhã do dia 7 de novembro, no auditório do Centro de Difusão Internacional (CDI)

Essa é a sétima edição do evento, promovido anualmente pela Agência USP de Inovação, em parceria com a Universidade do Porto (Portugal) e a Universidade de Sheffield (Inglaterra). Como explica o coordenador da Agência, Vanderlei Bagnato, “as universidades estão no centro do processo de inovação e empreendedorismo. Por isso, a ideia desse encontro é compartilhar o conhecimento e reunir os empreendedores. Como cientistas, sabemos como é importante compartilhar nosso tempo e nossos esforços para converter o conhecimento gerado em benefícios para nossos países”.

O embaixador João Cravinho, representante da União Europeia no Brasil, ressaltou que “o mundo está mudando muito rápido e o futuro não é mais tão previsível quanto costumava ser. Algumas coisas, porém, podem ser feitas no presente para nos prepararmos melhor para o futuro: temos que aumentar tanto a colaboração internacional quanto a colaboração entre o setor produtivo e a Academia, criar um ambiente propício para essa interação e aproveitar melhor as oportunidades que a globalização oferece. Mas isso não acontece automaticamente. Devemos focar em melhorar a qualidade da nossa educação, do desempenho da nossa pesquisa e garantir que as ideias inovadoras se transformem em novos programas e novos serviços que gerem empregos e promovam mudanças reais na sociedade”.

994X7750
O encontro segue até o dia 9 de novembro com palestras, exposições de negócios e tecnologias, visita guiada à incubadora Cietec, minicursos de empreendedorismo, feira de negócios, além de um desafio de 48h com o tema “Oportunidades para o envelhecimento ativo”

Também prestigiaram a cerimônia a responsável pelo programa European and Latin American Business Services and Innovation (Elan) da União Europeia, Helena Scheidt; a professora da Escola Politécnica, Roseli de Deus Lopes, representando a Pró-Reitoria de Pesquisa; o presidente da Associação Nacional de Entidades Promotoras de Empreendimentos Inovadores (Anprotec), Jorge Luis Nicolas Audy; além de representantes das instituições parceiras.

O Business Innovation Network foi organizado pela primeira vez em 2010, na Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, com o objetivo de desenvolver uma rede de inovação estratégica, reunindo universidades, indústrias, parques tecnológicos, incubadoras de empresas e investidores.

(Fotos: Ernani Coimbra)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados