USP recebe prêmio internacional por projetos de sustentabilidade no campus

O prêmio foi concedido pela Rede Internacional dos Campi Sustentáveis (ISCN, na sigla em inglês). A USP foi a ganhadora na categoria “Excelência no Campus”, que reconhece projetos e iniciativas voltados para o planejamento sustentável.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail
O pró-reitor de Cultura e Extensão Universitária e superintendente de Gestão Ambiental, Marcelo de Andrade Roméro (o segundo da esq.p/dir.) na cerimônia de premiação

A USP foi agraciada com o prêmio Sustainable Campus Excellence Award, concedido pela Rede Internacional dos Campi Sustentáveis (ISCN, na sigla em inglês), no dia 14 de junho, em uma cerimônia realizada na Universitá degli Studi di Siena, na Itália. A USP foi a vencedora na categoria “Excelência no Campus”, que reconhece projetos e iniciativas voltados para o planejamento sustentável.

A ISCN é um fórum global de universidades, criado em 2007, que congrega 70 instituições de 20 países e tem como objetivo inserir o conceito de sustentabilidade no ensino, na pesquisa e no gerenciamento dos campi. A premiação, que está em sua décima edição, fez parte da conferência “Liderança para o futuro sustentável”, realizada entre os dias 13 e 15 de junho, na qual foram discutidos temas como as contribuições do ensino superior para as práticas do desenvolvimento sustentável.

No evento, a USP foi representada pelo pró-reitor de Cultura e Extensão Universitária e superintendente de Gestão Ambiental, Marcelo de Andrade Roméro. “Esse prêmio foi concedido por uma organização respeitada na área, que reúne instituições de vários países, entre elas, as dez melhores universidades do mundo. Trata-se do reconhecimento do trabalho desenvolvido na área de gestão ambiental por funcionários, docentes e alunos. É um prêmio para toda a comunidade universitária”, comemora Romero.

Além da USP, também foram premiadas a University of Oxford, na categoria “Excelência na Colaboração Inovadora”, e o projeto “Semana de Sustentabilidade em cinco Universidades de Zurique”, na categoria “Excelência na Liderança Estudantil”. A seleção dos contemplados foi feita por um painel internacional de especialistas.

Para a diretora executiva da ISCN, Zena Harris, “os ganhadores apresentaram excelentes exemplos de inovação em sustentabilidade no ensino superior. Foi uma honra premiarmos esses grandes esforços que mostram liderança em sustentabilidade”.

Política ambiental

As reservas ecológicas, como a localizada próxima ao Instituto de Biociências, são parte da política ambiental da Universidade

Em junho do ano passado, a Superintendência de Gestão Ambiental da USP  criou uma política ambiental para os campi da Universidade. Essa política estabelece práticas e atitudes sustentáveis em 11 áreas de atuação: Águas e Efluentes; Energia; Redução de Emissões de Gases do Efeito Estufa e Gases Poluentes; Resíduos Sólidos; Uso e Ocupação Territorial; Áreas Verdes e Reservas Ecológicas; Fauna; Edificações Sustentáveis; Mobilidade; Educação Ambiental; e Sustentabilidade na Administração.

O desdobramento dessa política, que corresponde à segunda etapa do projeto, é a elaboração de um plano de gestão ambiental, com breve diagnóstico e estipulação de indicadores e metas de curto, médio e longo prazos para as 11 áreas de atuação. Esse documento deverá estar finalizado no mês de setembro e será enviado aos campi para a elaboração de planos ambientais locais, adaptados às realidades de cada campus da Universidade.

(Fotos: Mario Llorca e Ernani Coimbra)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados