USP e Universidade de Salamanca criam Cátedra de Espanhol no Brasil

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

(Foto: Ernani Coimbra)O acordo foi assinado durante a cerimônia de lançamento do "Programa de difusão do idioma espanhol no Brasil"

A Universidade de São Paulo (USP),a Universidade de Salamanca (USAL) e a Junta de Castilla y León, comunidade autônoma da Espanha, assinaram convênio específico de colaboração para a criação de uma Cátedra de Espanhol no Brasil. A assinatura ocorreu, ontem (16/07), na cerimônia realizada no Auditório do Ibirapuera, quando o Universia Brasil e a Junta de Castilla y León lançaram o “Programa de difusão do idioma espanhol no Brasil”. Participaram da assinatura o vice-reitor em exercício da USP, Franco Maria Lajolo; o reitor da Universidade de Salamanca, José Ramón Alonso; e o presidente da Junta de Castilha y León, Juan Vicente Herrera Campo.A USP também assinou um acordo de cooperação geral, com a Junta Castilha y León e a Fundação Universia, visando à implementação de ações voltadas à cooperação técnica e institucional para o desenvolvimento do aprendizado do idioma espanhol.

CátedraO objetivo do convênio firmado entre as Universidades é promover a docência, a pesquisa, o desenvolvimento e a inovação no âmbito da promoção do estudo do espanhol e de seu ensino, assim como intercâmbios acadêmicos, culturais e econômicos entre a Comunidade Autônoma de Castilla Y León e o Brasil, como  meio de favorecer os vínculos de colaboração, amizade e conhecimento da língua e da cultura.Para promover os programas contidos no convênio, como a relizaçao de pesquisas sobre o idioma espanhol e seu ensino; organização de eventos culturais, científicos ou artísticos; publicação de livros, folhetos e revistas; capacitação de professores para o ensino do idioma espanhol; além da constituição de grupos de pesquisas, a Junta de Castillha Y Léon contribuirá com um financiamento anual de, no mínimo, 30 mil Euros.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail