USP busca parcerias para concessão do Centro de Convenções

A USP promove, no próximo dia 13 de junho, uma audiência pública para a concessão de direito de uso e exploração do Centro de Convenções, localizado na Cidade Universitária, em São Paulo.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail
centro_convenções
O projeto do Centro de Convenções foi desenvolvido pelo arquiteto Paulo Bruna

A USP promove, no próximo dia 13 de junho, uma audiência pública para a concessão de direito de uso e exploração do Centro de Convenções, localizado na Cidade Universitária, em São Paulo.

O Centro de Convenções da USP compreende um prédio de 36 mil metros quadrados, com projeto arquitetônico de Paulo Bruna. É composto por três auditórios, com 1.450, 620 e 218 assentos, e sala de projeções, com 157 lugares. Possui, ainda, estrutura para dois cafés ou restaurantes, área para cozinhas especializadas, três pavimentos de estacionamento com 700 vagas, além de área de serviços e administração.

A audiência terá como finalidade obter dados, subsídios, informações, sugestões, críticas ou contribuições concernentes à concessão de direito de uso e exploração do Centro. Objetiva, também, esclarecer aos interessados sobre o que se pretende e quais os principais aspectos da contratação, visando à consolidação do edital de concorrência. A licitação deverá ser realizada em meados do mês de setembro.

“A concessão visa à conclusão de um empreendimento de grande porte para a Universidade e para a comunidade e a uma melhor utilização do local, sem desviar os recursos da Universidade de suas atividades-fim”, destaca o coordenador da Administração Geral da Universidade, Rudinei Toneto Junior.

O contrato de concessão da área incluirá a conclusão da obra, no prazo máximo de 12 meses, por parte de empresa vencedora da concorrência; a ocupação do complexo e exploração dos serviços de organização e realização de feiras, exposições, eventos e atividades afins; e a manutenção da área durante o período do contrato, que é de trinta anos.

994X8910
A obra está 70% concluída, faltando, dentre outros itens, a adequação das áreas do entorno e do estacionamento externo e acabamentos como forro, acústica e cenotecnia

Prevê-se que a empresa vencedora invista recursos estimados de R$ 60 milhões para a finalização da obra, que já está 70% concluída, faltando, dentre outros itens, a adequação das áreas do entorno e do estacionamento externo e acabamentos como forro, acústica e cenotecnia.

Também será de competência da concessionária zelar pela segurança do local e do público (espectador, expositor ou artista).

O contrato prevê contrapartidas para a Universidade. O auditório principal deverá ser disponibilizado para receber os concertos da Orquestra Sinfônica da USP (Osusp). Além disso, deverá ser concedido desconto de 20% para as Unidades ou Órgãos da Universidade que realizarem seus eventos nas dependências do Centro de Convenções.

O valor mínimo da taxa administrativa é de R$ 250 mil ao mês, porém o espaço será concedido à empresa que oferecer o maior valor à Universidade, que também receberá 1% do faturamento bruto.

A audiência será realizada no dia 13 de junho, das 9h30 às 12h, no Auditório do Departamento de Engenharia Metalúrgica e de Materiais da Escola Politécnica (Av. Professor Melo Morais, nº 2.463, Térreo, na Cidade Universitária, em São Paulo).

Mais informações podem ser obtidas pelo e-mail codage-projetos@usp.br.

(Foto: Ernani Coimbra / Imagem: Divulgação)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados