USP assina parceria e oferecerá cursos on-line gratuitos

Convênio foi firmado entre USP, Unicamp e o Coursera, uma das mais importantes plataformas de cursos on-line gratuitos do mundo.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

 A parceria tem o objetivo de desenvolver os primeiros cursos on-line em língua portuguesa, voltados especialmente para estudantes brasileiros, sobre assuntos de grande demanda, como, por exemplo, empreendedorismo e finanças

O pró-reitor de Pesquisa, José Eduardo Krieger, ressaltou que, no Brasil, além da pesquisa e produção de conhecimento, a universidade pública também desempenha um importante papel social

Um evento realizado no dia 17 de setembro anunciou a parceria firmada entre a USP, a Unicamp e o Coursera, uma das mais importantes plataformas de cursos on-line gratuitos do mundo. As duas universidades paulistas são as primeiras instituições de ensino brasileiras a se tornarem parceiras do portal.

Para o reitor Marco Antonio Zago, “esta parceria representa uma importante contribuição social, porque abre um canal para uma grande gama de cursos, que podem ser acessados gratuitamente pelos estudantes em escala global. Uma instituição pública como nossa Universidade, em um país como o Brasil, precisa ser mais abrangente e inclusiva para alunos e profissionais em diferentes níveis. A USP é referência não apenas no ensino, mas também na pesquisa, extensão e atividades culturais. Estou convencido que uma instituição pública deve ser cada vez mais acessível a todos”.

“Desde o lançamento do Coursera há dois anos, nós estamos impressionados e sensibilizados pelo enorme número de alunos no Brasil que já enriqueceram seus currículos frequentando nossos cursos”, afirmou a cofundadora e presidente do Coursera, Daphne Koller. “Juntamente com a USP, a Unicamp e a Fundação Lemann, esperamos oferecer uma ampla gama de cursos das melhores universidades do mundo para dar oportunidade de desenvolvimento pessoal, acadêmico e profissional aos brasileiros e estudantes de língua portuguesa de todos os lugares”, comentou.

Além da presença da presidente do Coursera, Daphne Koller, o evento contou com a participação do pró-reitor de Pesquisa da USP, José Eduardo Krieger; do pró-reitor de Extensão e Assuntos Comunitários da Unicamp, João Frederico da Costa Azevedo Meyer; e do presidente da Fundação Lemann, Jorge Paulo Lemann.

O pró-reitor de Pesquisa da USP, José Eduardo Krieger, ressaltou que, no Brasil, além da pesquisa e produção de conhecimento, a universidade pública também desempenha um importante papel social, mas há limitações para seu crescimento. “Com a plataforma, a universidade tem a oportunidade de atingir milhares de pessoas, aprofundando o contato não apenas com o público brasileiro, mas também com estudantes de países vizinhos”.

Após os anúncios, uma mesa-redonda discutiu tópicos como o impacto das novas tecnologias de ensino, o novo papel do professor, os Massive Open Online Courses (Moocs), as ferramentas de avaliação e os certificados dos cursos on-line.

Primeiros cursos

Os quatro primeiros cursos produzidos pela USP já constam no portal: “Fundamentos e Linguagem de Negócios (The Blue Side Up)”, “História da Contabilidade”, “O Sistema Previdenciário Brasileiro: Características e Aspectos Distributivos” e “Origens da Vida no Contexto Cósmico”. As informações sobre os cursos já estão disponíveis no site e a previsão é que tenham início no começo do próximo ano.

Para o professor da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEA), Edgard Cornacchione, “diferentemente do que acontece nas aulas da Faculdade – em que os estudantes já são interessados e possuem conhecimentos na área –, os cursos on-line estão sendo desenvolvidos para um aluno que não necessariamente é iniciado no assunto. Isso vai ajudar a atrair mais gente para a área de economia e negócios, transmitir conhecimento e também divulgar o nome da Universidade”.

Cornacchione é instrutor de dois dos cursos anunciados, “Fundamentos e Linguagem de Negócios” e “História da Contabilidade”, este último ministrado em parceria com o professor da Griffith University, da Austrália, Alan Sangster.

Coursera

O Coursera é uma das mais importantes plataformas de cursos on-line gratuitos do mundo, combinando os princípios da aprendizagem tradicional, com vídeo aulas, conteúdo interativo e a interação com uma comunidade global. Criada em 2012, pelas universidades norte-americanas de Standford, Princeton, Michigan e Pennsylvania, a plataforma atualmente é parceria de mais de 100 instituições de ensino superior, tem 9,4 milhões de usuários e oferece aproximadamente 760 cursos, a maior parte em inglês.

Apesar da limitação do idioma, o Brasil é o quinto país com maior número de usuários do site (depois de Estados Unidos, Índia, China e Reino Unido) e, para ampliar essa participação, o Coursera tem traduzido e legendado alguns de seus cursos mais famosos para o português.

O projeto é realizado em parceria com a Fundação Lemann, uma organização sem fins lucrativos dedicada à promoção de mudanças sociais no Brasil por meio da educação, e conta com a participação de voluntários da Comunidade Global de Tradutores do Coursera. Até agora, 28 aulas já estão disponíveis com legendas em português.

Outra parceria anunciada no evento foi com o portal R7, que também divulgará e disponibilizará os cursos.

(Foto: Ernani Coimbra)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados