Unidades do campus de Ribeirão Preto inauguram novos espaços

A Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP) reinaugurou, no dia 12 de dezembro, seus dois anfiteatros. Na mesma data, foi lançado o Sistema de Atendimento às Emergências Médicas do Campus da USP em Ribeirão Preto e inaugurada a segunda etapa do Laboratório de Simulação (LabSim) da FMRP.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail
994X1607
(Da esq.p/dir) O pró-reitor de Pós-Graduação da USP, Carlos Gilberto Carlotti Junior; o vice-reitor Vahan Agopyan; a diretora da FCFRP, Maria Vitória Lopes Badra Bentley; o reitor Marco Antonio Zago; o pró-reitor de Graduação, Antonio Carlos Hernandes; e o coordenador da SEF, Osvaldo Shigueru Nakao, na cerimônia de descerramento da placa dos anfiteatros

A Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP) reinaugurou, no dia 12 de dezembro, seus dois anfiteatros. Os espaços foram reformados e ampliados, dentro do plano de obras da Superintendência do Espaço Físico (SEF) da Universidade.

A ampliação somou 79 metros quadrados e consistiu na construção de uma sala de apoio técnico entre os anfiteatros e de banheiros feminino e masculino com acessibilidade. A reforma envolveu melhorias na acústica e na acessibilidade, no conforto térmico do local, na infraestrutura de logística e audiovisual e no aumento do número de poltronas.

O pré-projeto foi desenvolvido pelo programa Pró-Salas da USP de São Carlos. As obras foram custeadas pela SEF e pela Pró-Reitoria de Graduação, com recursos da ordem de R$ 670 mil.

Na cerimônia de reinauguração, a diretora da FCFRP, Maria Vitória Lopes Badra Bentley, destacou que a readequação das áreas didáticas da Faculdade foi uma das metas estabelecidas para a sua gestão de forma a atender, com eficiência, a reestruturação curricular do curso de Ciências Farmacêuticas.

O reitor da Universidade, Marco Antonio Zago, mencionou que duas são as prioridades da Reitoria. A primeira delas diz respeito à relação da USP com a sociedade e citou como exemplos bem-sucedidos a instalação do Parque Tecnológico no campus de Ribeirão Preto, o projeto “USP do Futuro” e os concertos extramuros promovidos pelos corpos musicais da Universidade, como os ocorridos recentemente na comunidade São Remo, contígua ao campus de São Paulo, e em um shopping de Ribeirão Preto.

994X1651
Os anfiteatros passaram por reforma e ampliação das instalações

A segunda prioridade, afirmou o reitor, é a valorização da docência na graduação, que “tem que ser tão importante quanto a produção científica”. “O novo sistema de avaliação docente é a base desse processo de valorização. Dessa forma, convido a todos a ajudarem na formulação das novas diretrizes”, ressaltou.

Emergências médicas

Além da cerimônia na FCFRP, também foi lançado o Sistema de Atendimento às Emergências Médicas do Campus da USP em Ribeirão Preto  e a segunda etapa do Laboratório de Simulação (LabSim) da FMRP.

O Sistema de Atendimento às Emergências Médicas está sob responsabilidade da Comissão de Atendimento às Emergências, órgão assessor da Prefeitura do Campus USP de Ribeirão Preto (PUSP-RP).

Segundo o professor da FMRP e coordenador do sistema, Antonio Pazin Filho, a Comissão vem desenvolvendo protocolos, capacitação de pessoal, acompanhamento dos eventos com medidas corretivas e preventivas e instalação de material básico para garantir a cadeia de sobrevivência, por meio de um atendimento sistemático a qualquer evento que coloque em risco imediato de vida a comunidade acadêmica.

LabSim

994X1703
O Laboratório de Simulação da FMRP ganhou novos simuladores de alta fidelidade

Nesta segunda etapa, o Laboratório de Simulação da FMRP, que foi inaugurado em abril de 2015, ganhou novos simuladores de alta fidelidade e a parceria com o Laboratório de Técnicas Cirúrgicas do Hospital das Clínicas da FMRP.

A simulação é uma técnica de ensino de metodologia ativa, permitindo treinamento de habilidades com manequins computadorizados semelhantes aos humanos, nos quais os alunos têm a oportunidade de simular atendimentos próximos aos reais e vivenciam experiências de atendimento em ambiente controlado, que os prepara para o exercício profissional responsável, sem colocar em risco a vida e a saúde de pacientes reais.

O LabSim está localizado no Laboratório Multidisciplinar da FMRP e conta com dez salas, sendo duas de alta fidelidade. O LabSim recebeu recursos do Programa Pro-Inovalab, da Pró-Reitoria de Graduação, para aquisição de equipamentos.

(Com informações do Serviço de Comunicação Social da PUSP-RP / Fotos: Ernani Coimbra)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados