Reitora comemora Jubileu da USP em Lorena

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Como primeira atividade fora da cidade de São Paulo, a reitora Suely Vilela esteve no campus de Lorena, na última sexta-feira, dia 26 de setembro, dando prosseguimento aos eventos comemorativos dos 75 Anos da USP. Após visitar alguns pontos do campus e reunir-se com dirigentes dessa Unidade, a reitora participou, na parte da tarde, de intensa programação, iniciada com a apresentação da Banda Militar do 5º Batalhão de Infantaria Leve, no Auditório do campus.

 

Em seguida, Suely Vilela, junto com dirigentes da Universidade, seguiu para a sede da Secretaria Municipal de Cultura, localizada em um vistoso e arejado casarão, no centro, em torno do qual a cidade de Lorena se erigiu, sendo recebida pela secretária Eva Sales Leite. A reitora, inicialmente, percorreu a mostra de quase duas dezenas de artistas, constituída por obras em tela, fotos e esculturas, e incluída no rol de atividades da 13ª Semana de Arte e Cultura da USP. Depois, fez e ouviu alguns pronunciamentos.

 

“Como diretor, devo inicialmente agradecer à professora Suely por ter nos dado o privilégio de iniciar as comemorações dos 75 Anos da Universidade de São Paulo”, disse Nei Fernandes de Oliveira Júnior, diretor pro tempore da Escola de Engenharia de Lorena (EEL). “A Universidade nasceu com a fundação da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, há 75 anos. Vinte e cinco anos depois, eu entrei pela primeira vez na Faculdade de Filosofia, primeiro como curioso, depois como candidato, depois como aluno, e nunca mais saí”. Oliveira Júnior afirmou que a incorporação da antiga Faculdade de Engenharia Química de Lorena à USP foi um gesto de grande coragem e descortino da Universidade. Segundo o diretor, “o futuro desta cidade está marcado pela presença da USP”.

 

Antes de sua fala, a reitora Suely Vilela experimentou momentos especiais com o pronunciamento da secretária de cultura Eva Sales Leite. “Não posso deixar de ressaltar a preocupação da Universidade com a cultura; essa preocupação faz com que caminhem irmanadas a ciência e a cultura. É muito difícil aqui no nosso país, principalmente no interior, trabalhar com a cultura”, afirmou a secretária. Ela também mencionou as origens familiares da representante da USP e trocou com a reitora um abraço emocionado. 

 

Bem-humorada, a professora Suely dirigiu-se à secretária Eva Sales, enfatizando o prazer de estar na Casa da Cultura e agradecendo a recepção que a secretária e sua equipe proporcionaram à reitora e a todos os convidados. Voltando ao discurso, reafirmou a importância de o professor Nei Fernandes de Oliveira Júnior ter aceitado assumir, em caráter pro tempore, a direção da EEL “neste momento de transição, onde obviamente as dificuldades são maiores”. 

 

A reitora da USP deixou claro que a integração da antiga Faculdade de Engenharia Química de Lorena à USP agrega valor à instituição e que as pesquisas desenvolvidas em áreas estratégicas, no campus de Lorena, desempenham importante papel para o avanço científico e tecnológico do país. “É preciso destacar que nos encontramos em fase de transição rumo à completa incorporação dessa Unidade e, dessa forma, muitos são os desafios os quais assumimos enfrentar”, disse. Completando as atividades na Secretaria Municipal de Cultura, a reitora assistiu à apresentação dos músicos e cantores, crianças e adolescentes de Lorena, que fazem parte do Projeto Guri, iniciativa cultural da cidade. 

 

Clique aqui para ver a galeria de fotos das comemorações em Lorena.

 

(Crédito das fotos: Ernani Coimbra)  

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail