Professores da USP ganham Prêmio Fundação Bunge 2009

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Três professores da USP ganharam o Prêmio Fundação Bunge 2009, cuja cerimônia de entrega será realizada nesta quarta-feira, dia 16 de setembro, às 19h30, na Sala São Paulo. Na categoria “Vida e Obra”, ganharam o prêmio João Lúcio Azevedo e Regina Silveira, respectivamente, na área de agricultura tropical e pintura; pela categoria “Juventude”, ganhou o prêmio Carlos Eduardo Pellegrino Cerri, na área de agricultura tropical. O Prêmio Fundação Bunge foi criado há 54 anos para incentivar a inovação em várias áreas do conhecimento, que se alternam a cada edição. A categoria “Vida e Obra” reconhece o trabalho de um especialista, cuja carreira já está consolidada na área em que atua e os projetos realizados representam um patrimônio cultural importante para o país. Os vencedores receberão R$ 100 mil cada um, além de diplomas e medalhas. Já a categoria “Juventude” destaca um profissional de até 35 anos, cujo trabalho representa um novo paradigma em sua área, o qual receberá R$ 40 mil e também diplomas e medalhas. João Lúcio Azevedo atuou na USP de 1960 a 1995 e atualmente está aposentado. É formado em engenharia agronômica pela Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” (ESALQ), possui doutorado em Agronomia pela USP e em Genética pela Universidade de Sheffield, e pós-doutorado pela University of Manchester e de Nottingham. O foco de seus estudos é a genética de microorganismos benéficos para a agricultura.Regina Scalzilli Silveira é formada em Pintura pelo Instituto de Artes da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), fez mestrado e doutorado pela Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP, da qual está aposentada. Dedicou- se a estudar, principalmente, os temas anamorfoses, instalações e projeções em perspectiva. O terceiro ganhador da USP é Carlos Eduardo Pellegrino Cerri, professor da ESALQ, escola pela qual também fez a graduação, em engenharia agronômica, e concluiu o mestrado, doutorado e o pós-doutorado. Seu trabalho está relacionado ao estudo das mudanças climáticas globais, dinâmica da matéria orgânica do solo sob o clima tropical, variabilidade espacial de atributos do solo e matemática aplicada à ciência do solo. Na cerimônia de entrega dos prêmios, além da homenagem aos vencedores, haverá apresentação da Orquestra Paulistana de Viola Caipira.

A Sala São Paulo está localizada na Praça Júlio Prestes, s/n.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail