Pesquisa aponta aumento de ingresso de alunos da escola pública na USP

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail

A implantação do Programa de Inclusão Social da Universidade de São Paulo (Inclusp) aumentou em 11% o número de alunos oriundos de escolas públicas de ensino médio que ingressaram na Universidade em 2007, em comparação ao ano anterior. O resultado faz parte de um estudo realizado pela Pró-Reitoria de Graduação, que analisou o perfil dos alunos beneficiados pelo Sistema de Pontuação Acrescida, uma das ações que fazem parte do Programa, no qual um bônus de 3% é aplicado às notas das 1ª e 2ª fases do Vestibular para alunos da rede pública.

O Inclusp tem como objetivos ampliar as probabilidades de acesso dos estudantes egressos da escola pública, incentivar a participação desses alunos no processo seletivo de ingresso na Universidade, e apoiar, com ações específicas, a permanência deles no curso superior. 

Outro dado do estudo apresenta o perfil de renda familiar desses alunos. Em comparação ao perfil de renda do conjunto total de ingressantes, 44,7% dos alunos que cursaram integralmente o ensino médio em escola pública possuem renda familiar de até R$ 1500,00. 

A pesquisa mostra ainda que o percentual de negros (pretos e pardos) que ingressaram na USP em 2007 foi de 13,4%, contra os 12,5% registrados em 2006. Desses, praticamente metade (49,1%) é proveniente do ensino médio público e foram diretamente beneficiados pelo Inclusp. 

“Os resultados positivos alcançados nesta etapa do Inclusp revelam que é possível fazer inclusão social privilegiando o mérito acadêmico. Além disso, esses indicadores marcam significativamente o início de uma série de ações afirmativas que visam a apoiar o desenvolvimento pleno desses alunos na Universidade”, ressalta a reitora da USP, Suely Vilela.  

Clique aqui para obter o documento com informações mais detalhadas sobre o estudo da Pró-Reitoria de Graduação da USP.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail