Exposição revela como foram pensados os espaços da Universidade

Em cartaz no Centro de Preservação Cultural (CPC), até o dia 28 de fevereiro, a exposição “O Tempo das Construções” traz desenhos e fotografias que revelam a diversidade de ideias e caminhos que foram pensados para os espaços físicos da Universidade.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Em cartaz no Centro de Preservação Cultural (CPC) – Casa de Dona Yayá, até o dia 28 de fevereiro, a exposição “O Tempo das Construções” traz desenhos e fotografias que revelam a diversidade de ideias e caminhos que foram pensados para os espaços físicos da Universidade.

A mostra traz desenhos e fotografias que revelam a diversidade de ideias e caminhos que foram pensados para os espaços físicos da Universidade

A mostra é composta por aproximadamente 30 desenhos – dos quais oito são originais e os demais são reproduções idênticas e impressões – e 25 fotografias históricas, da construção dos prédios, canteiros de obras e inauguração dos edifícios. Destaque para os croquis e perspectivas iniciais do conjunto do Cepeusp, de autoria do escritório Ícaro de Castro Mello Arquitetos Associados, e os originais do projeto executivo para o edifício e mobiliário da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU), de autoria de Vilanova Artigas e Carlos Cascaldi.

A exposição “O Tempo das Construções” é fruto de uma pesquisa realizada pela equipe do CPC, no acervo da Superintendência de Espaço Físico (SEF), de janeiro a março de 2013. O estudo analisou cerca de 4 mil desenhos e mil fotografias do acervo e avaliou como a Universidade trata os seus 19 bens tombados ou em processo de tombamento, como o prédio de História e Geografia da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH).

Destaque para os croquis e perspectivas iniciais do conjunto do Cepeusp e os originais do projeto executivo para o edifício e mobiliário da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU)

“Durante esta pesquisa, ficamos impressionados com a qualidade dos desenhos reunidos no acervo da SEF, inclusive de projetos não realizados que se apresentavam como hipóteses de trabalho, como, por exemplo, o ateliê da FAU Maranhão e os primeiros projetos do Cepeusp. Foi daí que surgiu a ideia de fazer uma exposição que retratasse a história dos espaços da Universidade a partir de seus desenhos e fotografias”, explicou a assistente de direção do CPC e curadora da mostra, Sabrina Fontenele.

Além da exposição, o resultado da pesquisa será divulgado no livro “Patrimônio construído da USP: preservação, gestão e memória”, organizado pelo diretor do CPC, José Lira. O lançamento pela Edusp está previsto ainda para esse ano.

A exposição é gratuita e está aberta até o dia 28 de fevereiro, de segunda à sexta-feira, das 9h às 17h. O Centro de Preservação Cultural está localizado na Rua Major Diogo, 353, no bairro da Bela Vista, em São Paulo. Mais informações pelo telefone (11) 3106-3562 ou pelo e-mail cpcpublic@usp.br .

(Fotos: Marina Leonardi/CPC)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados