Professor da USP é nomeado como novo ministro da Educação

O professor titular de Ética e Filosofia Política da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH), Renato Janine Ribeiro, foi nomeado como novo ministro da Educação. Vice-reitor da Universidade emitiu nota sobre a nomeação.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail
Ribeiro é graduado, mestre e doutor em Filosofia

O professor titular de Ética e Filosofia Política da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH), Renato Janine Ribeiro, foi nomeado como novo ministro da Educação. A nomeação foi divulgada pela Secretaria de Imprensa da Presidência da República, no dia 27 de março.

Ribeiro é graduado, mestre e doutor em Filosofia. Atua na área de Filosofia Política, com ênfase em teoria política. Foi membro do Conselho Deliberativo do CNPq e do Conselho da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), além de secretário da SBPC. Como diretor de Avaliação da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior – Capes, dirigiu, em 2004 e 2007, as avaliações trienais de mais de 2.500 cursos de mestrado e doutorado do Brasil.

Foi membro do Conselho Deliberativo do Instituto de Estudos Avançados da USP, presidente da Comissão de Cooperação Internacional (CCInt), entre 1991 e 1994, e pertenceu à Comissão de Atividades Acadêmicas e ao Conselho de Ética da mesma Universidade. No âmbito das artes e cultura, é membro do Conselho Consultivo do Instituto Inhotim. Também é membro do Conselho Superior de Estudos Avançados da FIESP.

Em seu CV Lattes, os termos mais freqüentes na contextualização da produção científica são: Thomas Hobbes, democracia, filosofia política, Brasil, filosofia, política, república, teoria política, Inglaterra e universidade.

O vice-reitor no exercício da Reitoria, Vahan Agopyan, emitiu nota sobre a nomeação de Ribeiro, cuja íntegra segue abaixo:

“A USP se sente honrada pela indicação do professor Renato Janine Ribeiro como novo ministro da Educação. Estamos certos que ele contribuirá, com sua formação e experiência ilibadas, para a melhoria da educação em nosso país”.

Vahan Agopyan, vice-reitor no exercício da Reitoria da USP

Docentes em destaque

Atualmente, vários professores da Universidade ocupam cargos de relevância nas esferas governamentais: o presidente do Supremo Tribunal Federal, Ricardo Lewandowski (Faculdade de Direito); o prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (FFLCH); o presidente do CNPq, Hernan Chaimovich (Instituto de Química); o secretário de Saúde do Estado de São Paulo, David Uip (Faculdade de Medicina); o procurador-geral do Estado, Elival da Silva Ramos (Faculdade de Direito); a secretária Estadual de Direitos da Pessoa com Deficiência, Linamara Rizzo Battistella (Faculdade de Medicina), entre outros.

(Foto: Divulgação)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail