Nota do reitor sobre falecimento do professor Adib Domingos Jatene

A academia e a ciência brasileira perdem um de seus principais expoentes com o falecimento do professor emérito da Faculdade de Medicina da USP, Adib Domingos JateneA academia e a ciência brasileira perdem um de seus principais expoentes com o falecimento do professor emérito da Faculdade de Medicina da USP, Adib Domingos Jatene, ocorrido na noite do dia 14 de novembro.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

A academia e a ciência brasileira perdem um de seus principais expoentes com o falecimento do professor emérito da Faculdade de Medicina da USP, Adib Domingos Jatene. Um dos mais respeitados pesquisadores da área médica, nacional e internacionalmente, Jatene foi um pioneiro no campo da cirurgia cardíaca, mas, acima de tudo, um exemplo para todos aqueles que se dedicam à Medicina, pela generosidade, afabilidade e humildade com que tratava colegas e pacientes.

Por sua atuação como ministro e secretário de Saúde, sempre buscou levantar bandeiras importantes na área da saúde pública e foi peça-chave para a criação de importantes instituições médicas, como o Instituto Dante Pazzanese, em São Paulo.

No próximo dia 24 de novembro, Jatene participaria de um seminário, em comemoração aos 80 anos da Universidade, para discutir o papel da USP como geradora do conhecimento em padrão de excelência. Infelizmente, não poderemos contar com suas valiosas contribuições nesse debate, mas a ele prestamos todas as homenagens da Universidade como modelo dessa história, excelência e busca incessante da inovação e do desenvolvimento da área médica de nosso país.

Marco Antonio Zago, reitor da USP

Leia também: Nota de pesar do diretor da Faculdade de Medicina, José Otávio Costa Auler Júnior

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail