No Teatro Alfa, concerto celebra 75 anos da USP

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab; a reitora da USP, Suely Vilela; o governador do Estado, José Serra; e o ministro da Educação, Fernando Haddad, no concerto comemorativo dos 75 anos da USP (Crédito da foto: Ernani Coimbra)

As comemorações dos 75 anos da Universidade de São Paulo tiveram no último domingo, 25 de janeiro de 2009, um de seus principais momentos.Com a presença de diversas autoridades, além de personalidades representativas da comunidade uspiana, foi realizado o Concerto Comemorativo da Orquestra Sinfônica da USP e do Coral da Universidade, regidos pelo maestro Julio Medaglia, no Teatro Alfa. Entre as autoridades, o ministro da Educação, Fernando Haddad, representando o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, o governador do Estado de São Paulo, José Serra, e o prefeito da cidade, Gilberto Kassab.No evento, foi apresentado o inédito Hino da USP, composto pelo poeta Paulo Bomfim e com música do maestro Medaglia, além de diversas outras peças musicais. (Conheça a letra e ouça o hino da USP, com acompanhamento musical da OSUSP e interpretação do Coralusp)“A Universidade de São Paulo completa hoje 75 anos de uma vida profícua dedicada ao ensino, à pesquisa e à extensão universitária. É uma data especial também para a cidade de São Paulo, que hoje comemora os seus 455 anos de uma jornada marcada por muitos desafios, mas, também, por indizível progresso”, afirmou a reitora Suely Vilela.A reitora destacou que a criação da USP foi a resposta de afirmação do Estado de São Paulo, logo após a Revolução Constitucionalista de 32, marcando a consolidação de um novo modelo de universidade no Brasil.“Tenho grande alegria de estar hoje, como prefeito de São Paulo, não apenas participando dos festejos dos 455 anos da cidade de São Paulo, mas como prefeito de São Paulo participando do aniversário de 75 anos da nossa USP, a Universidade de São Paulo, a minha universidade”, declarou Gilberto Kassab, que é graduado pela Escola Politécnica.O ministro da Educação Fernando Haddad, que já possui longa carreira como aluno e docente na USP, afirmou que gostaria de “mais do que representar o presidente prestar um depoimento pessoal, não como professor da Universidade de São Paulo, mas como ex-aluno”.“Estou aqui hoje com muita alegria, com muita satisfação, me lembrando que, quando eu entrei na Universidade, ela tinha 26 anos de idade e, hoje, está fazendo 75. É bem verdade que eu era o mais novo da minha turma”, brincou o governador José Serra. “Eu não pude concluir a Escola Politécnica, mas não foi por ter sido reprovado, foi por causa do Golpe Militar de 1964, que me obrigou a sair do Brasil”, completou.Durante a cerimônia, a reitora Suely Vilela prestou homenagem ao poeta Paulo Bomfim e ao maestro Julio Medaglia, oferecendo a cada um dos autores do Hino da Universidade de São Paulo um troféu que reproduz a Praça do Relógio, símbolo da mais importante universidade da América Latina.     Clique aqui para ver mais fotos do evento.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail