Mensagem da Reitoria da USP sobre o falecimento de Zilda Arns

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail

A Universidade de São Paulo vem expressar seu pesar em virtude do falecimento de Zilda Arns Neumann, médica pediatra e sanitarista, fundadora e coordenadora internacional da Pastoral da Criança, ocorrido na noite desta terça-feira, dia 12 de janeiro, no terremoto que atingiu o Haiti.Batalhadora incansável na busca da justiça social e exemplo de solidariedade, Zilda foi condecorada, em 2000, na primeira edição do Prêmio USP de Direitos Humanos, concedido pela Comissão de Direitos Humanos da Universidade, na categoria individual, por sua ação desenvolvida à frente da Pastoral da Criança. No ano de 2006, foi indicada por essa Comissão ao Prêmio Nobel da Paz. Zilda Arns conseguiu através da Pastoral da Criança, a redução da taxa de mortalidade infantil nos municípios em que atua. A Pastoral também desenvolve programas voltados à geração de renda, à alfabetização de jovens e adultos, assim como a campanha: "A Paz começa em casa". Visando estimular que a própria comunidade busque soluções para seus problemas, a Pastoral incentiva a participação das pessoas das comunidades nos conselhos municipais e estaduais, promovendo a formação continuada sobre cidadania e políticas públicas. A Universidade de São Paulo reconhece

em Zilda Arns Neumann uma das pessoas que mais contribuíram significativamente para a difusão, disseminação e divulgação dos direitos humanos no Brasil.  Franco Maria Lajolo, Vice-reitor no exercício da Reitoria da USP

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail