IFSC é o vencedor do XIII Prêmio de melhor Semana de Recepção aos Calouros

O IFSC e suas entidades estudantis ganharam o Prêmio “Semana de Recepção aos Calouros”, em cerimônia realizada, no dia 13 de outubro, no Auditório Prof. Dr. Altino Augusto de Azevedo Antunes, da FMVZ. A FOB e o IAG, com seus respectivos Centros Acadêmicos, receberam os diplomas de Menção Honrosa.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail

A Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB) e o Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG), com seus respectivos Centros Acadêmicos, receberam os diplomas de Menção Honrosa

Tema da campanha de 2011: “SONHO: Para realizar o seu, você não precisa estragar o dos outros; ALEGRIA: para sentir a sua, você não precisa estragar a dos outros; VITÓRIA: para conquistar a sua, você não precisa estragar a dos outros; FESTA: é hora de fazer a sua!”

O Instituto de Física de São Carlos (IFSC) e suas entidades estudantis ganharam o Prêmio “Semana de Recepção aos Calouros”, em cerimônia realizada, no dia 13 de outubro, no Auditório Prof. Dr. Altino Augusto de Azevedo Antunes, da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ).

Além do diploma do Prêmio, o IFSC passa a abrigar por um ano a escultura itinerante da artista plástica Carmela Gross, especialmente criada para simbolizar os princípios acadêmicos da Universidade que são difundidos durante a Semana de Recepção dos Calouros: humanismo, excelência, universalismo e solidariedade.

O reconhecimento da qualidade da Semana organizada pelo IFSC e suas entidades estudantis não é novidade, já que, no ano passado, esta Unidade ficou com uma das Menções Honrosas concedidas. Para o diretor, Antônio Carlos Hernandes, vale ressaltar que “além da atuação na Unidade, o Instituto tem feito um esforço para que a integração aconteça também com a cidade de São Carlos, inclusive com o apoio da Prefeitura. A programação da Semana no IFSC inclui atividades voltadas à integração com a família do calouro e também à sustentabilidade, como a plantação de árvores pelos egressos”.

Prêmio

O Centro de Estudos da Física São Carlos e a Secretaria Acadêmica da Licenciatura em Ciências Exatas, entidades estudantis do IFSC, também ganharam computador e impressora

O Prêmio “Semana de Recepção aos Calouros” é concedido anualmente, desde 1999, à Unidade e ao respectivo Centro Acadêmico que organizaram a melhor programação para a Semana de Recepção aos Calouros. Neste ano, 25 unidades concorreram ao Prêmio, enviando os relatórios da programação de suas semanas. Os relatórios foram avaliados pelo Grupo de Trabalho Pró-Calouro, ligado à Pró-Reitoria de Graduação, e responsável por escolher além da unidade vencedora, outras duas para receber a Menção Honrosa.

De acordo com o coordenador do Grupo, o professor Oswaldo Crivello, a análise dos relatórios está cada vez mais difícil. “Desde sua criação, a Semana de Recepção ao Calouro vem contribuindo para o amadurecimento na forma de recepcionar os novos alunos, mobilizando veteranos, professores, diretores e funcionários em um esforço conjunto para receber os jovens de forma adequada, eliminando qualquer evento que não represente os valores da Universidade.”

Semana de Recepção aos Calouros

Instituída em 1998, pela Pró-Reitoria de Graduação, a Semana de Recepção aos Calouros foi criada com o objetivo de incentivar as Unidades a promoverem uma melhor integração entre alunos novos e veteranos. Ela acontece na primeira semana do ano letivo (em 2011, foi de 21 a 25 de fevereiro), quando as aulas regulares são substituídas por atividades como gincanas, oficinas, palestras, campanhas educativas e ações sociais.

Além das atividades lúdicas, a Semana também é importante por colocar o calouro em contato com os valores da Universidade. Para a pró-reitora de Graduação, Telma Maria Tenório Zorn, “é importante conscientizar o calouro de que, além de formar apenas um profissional, a USP tem a obrigação de formar um cidadão, com responsabilidade social, comprometimento ético e reconhecimento à sociedade que o financiou, porque essa é uma universidade pública. Os egressos da USP exercem grande influência no futuro do Brasil, seja na política, na administração, na educação ou na cultura, por isso, o conhecimento aqui gerado nunca deve estar apartado dos valores de responsabilidade social”.

(Fotos: Ernani Coimbra)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados