Fórum sobre Espaço Público reúne mais de 200 participantes

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

(Foto: Ernani Coimbra)

(da esquerda para a direita) o chefe do Gabinete da Reitora, Alberto Carlos Amadio; o prefeito do Campus da Capital, Adilson Carvalho; o professor Sérgio Muniz Oliva Filho; e o diretor da Escola Politécnica, Ivan Gilberto Sandoval Falleiros

Com a participação de mais de 200 inscritos, foi instalado, hoje (24), o "Fórum Permanente sobre Espaço Público: a USP e a especificidade de seus campi". Em cerimônia realizada no Auditório Francisco Romeu Landi (Poli), o fórum tem como o objetivo de promover uma ampla reflexão e discussão sobre o uso, a ocupação e a destinação do campus universitário público, de modo a contribuir para seus processos de governança, conservação e funcionamento sustentável. O Fórum, que prevê encontros presenciais a cada dois anos, pretende contribuir para harmonizar as relações entre os diferentes grupos, que vão dos usuários da comunidade USP, os gestores da Universidade, o entorno social e político, aos cidadãos paulistanos em geral.

Na abertura, o prefeito do campus da Capital, Adilson Carvalho, lembrou que a questão do conceito de Espaço Público deve ser debatida, pois "nos deparamos com conflitos advindos de uma compreensão do significado de Espaço Público por usuários do campus da Capital, que utilizam a Cidade Universitária para práticas esportivas e lazer. Portanto, sabemos que o Campus da Capital tem uma a sua destinação estabelicidada para ensino, pesquisa, cultura e extensão universitária, porém existe por parte da Universidade o propósito de promover uma convivência respeitosa e saudável com todos os usuários”.Representando a reitora Suely Vilela, o chefe de Gabinete da Reitora, Alberto Carlos Amadio, disse que a realização do Fórum representa um grande marco para a Universidade. "O evento contribuirá para um comportamento construtivo da cidadania, sendo um orientador de novos paradigmas", afirmou. As discussões, que tiveram início às 9h, contaram com a presença de dois palestrantes: o professor da Faculdade de Direito (FD/USP) , Edmir Netto de Araújo, que é doutor em Direito do Estado, com ampla produção científica no campo do Direito Administrativo; e Euler Sandeville Júnior, professor assistente da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU/USP), que coordena a Área de Concentração Paisagem e Ambiente, do Programa de Pós-Graduação da FAU, e o Mestrado do Programa de Pós-Graduação em Ciência Ambiental (PROCAM/USP). Tem experiência na área de Arquitetura e Urbanismo, com ênfase em Paisagem e Ambiente Natureza, Arte e Cultura.

Além das exposições, para facilitar o aprofundamento dos temas, na parte da tarde, foram realizadas discussões para a elaboração de propostas que possam subsidiar a construção de um futuro Plano de Uso Sustentável do campus da Capital, com a criaçGrupos de Trabalhos (GT) relacionados aos seguintes temas: segurança em saúde, patrimonial e pessoal; infra-estrutura, mobiliário urbano e suportes de comunicação visual; sistema viário, trânsito e transportes; patrimônio natural, histórico, científico e cultural do campus; resíduos e relacionamento com o entorno sociocultural, político, econômico e científico-tecnológico.

Informações: Cristina Guarnieri – assessora do Gabinete do Prefeito do Campus – (11) 3091-1986. 

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail