Excelência na gestão foi mote das posses em Ribeirão Preto

O reitor João Grandino Rodas esteve, na última segunda-feira, dia 20, no campus de Ribeirão Preto, para as posses das novas diretorias da FEARP e da EERP.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

O reitor João Grandino Rodas esteve, na última segunda-feira, dia 20 de setembro, no campus de Ribeirão Preto, para as posses das novas diretorias da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade (FEARP) e da Escola de Enfermagem (EERP).

(da esq. para dir.) Na posse da FEARP, o novo vice-diretor, Alberto Borges Matias; o novo diretor, Sigismundo Bialoskorski Neto; o vice-reitor Hélio Nogueira da Cruz; o reitor João Grandino Rodas; a reitora, de 2005 a 2009, Suely Vilela; e o diretor da FEARP, de 2006 a 2010, Rudinei Toneto Junior

Pela manhã, às 11h, no Anfiteatro “Ivo Torres” da FEARP, foi realizada a cerimônia de posse da diretoria daquela Unidade.  Em seu discurso, o novo diretor, Sigismundo Bialoskorski Neto, lembrou das dificuldades iniciais da Faculdade – criada em 1992 como extensão da FEA do campus de São Paulo -, de suas necessidades, “ainda necessitamos de infraestrutura, de prédios”; e de suas metas para a administração da FEARP.

“Seremos excelentes em processos de gestão. Será uma gestão participativa e de co-responsabilidade”, afirma “Sig”, como é mais conhecido, ressaltando que pretende ouvir todos os ex-alunos da Faculdade para saber como está a inserção deles no mercado de trabalho e avaliar como estão os cursos oferecidos pela Unidade. Sobre isso, o vice-diretor Alberto Borges Matias comentou a FEARP “forma agentes de mudança para um mundo melhor, empreendedores”, pois, segundo ele, os alunos realizam estágios sociais obrigatórios durante a graduação.

O reitor João Grandino Rodas destacou que, olhando as biografias do diretor e vice-diretor, pode-se notar que eles se dedicaram-se não só à Universidade, mas também às atividades extra-acadêmicas. “Tem que ser uma Universidade que não deixe [de lado] a pesquisa pura, mas também faça a pesquisa aplicada. Porque não podemos deixar separadas estas áreas e [precisamos] servir à sociedade”, destaca. A FEARP oferece 310 vagas anuais em cinco cursos no vestibular. Tem 1.597 alunos na graduação e 142 na pós-graduação; 88 professores e 56 funcionários.

Cooperação

À tarde, às 16h30, aconteceu a posse da diretoria da EERP, no Auditório 2 da Escola. Na ocasião, a diretora, Silvia Helena De Bortoli Cassiani, falou do panorama da enfermagem no Brasil, que possui 155 mil enfermeiros no país, sendo, deste total, 35 mil somente no Estado de São Paulo.

A nova diretora da EERP, Silvia Helena de Bortoli Cassiani

Silvia lembrou que a evasão dos dois cursos da Unidade – bacharelado e licenciatura em enfermagem, é uma das mais baixas da USP: 0,2%, e além disso, muitos alunos entraram na Escola através do Programa de Inclusão Social da USP (Inclusp). Ela citou alguns desafios que terá à frente da Escola, como a ampliação das salas de aula, laboratórios e espaços de convivência, mas para ela, o maior desafio está na formação dos alunos. “Preparar os alunos de enfermagem para o futuro, daqui há 20, 30 anos e, como isso será feito”.

A nova vice-diretora da EERP, Silvana Martins Mishima

A vice-diretora Silvana Martins Mishima falou da profissão de enfermagem e lembrou de outros desafios da nova direção para os próximos quatro anos, como a valorização dos trabalhadores das Unidade, aumentar a visibilidade nacional e internacional; ampliação de convênios; e incentivo para os professores participarem de redes.

Para finalizar, o reitor citou a cooperação, “que deveria estar presente em toda a Universidade e lugar, mas está mais evidente na enfermagem”. Disse, ainda, que a internacionalização da Universidade tem como um dos objetivos favorecer a cooperação também.

Na EERP, são oferecidas 130 vagas anuais no vestibular. Até 2009, formou 2.487 enfermeiros,  tem 97 professores e 121 funcionários. Na pós-graduação, é responsável por três programas com cursos de mestrado e doutorado, e mais um programa de doutorado, em parceria com a Escola de Enfermagem (EE) da USP, em São Paulo.

Apresentações musicais

Em ambas as cerimônias, a música esteve presente. Na FEARP e EERP, aconteceram apresentações musicais de professores do curso de música, do Departamento de Música de Ribeirão Preto. A FEARP também contou com a participação da bateria da Associação Atlética Acadêmica Flaviana Condeixa Favaretto, dos alunos da Unidade.

(Fotos: Ernani Coimbra)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados