Alunos estrangeiros participam de evento de integração na USP

Com o objetivo de congregar os alunos estrangeiros de graduação e de pós-graduação que fazem intercâmbio na Universidade, a Agência USP de Cooperação Acadêmica Nacional e Internacional (Aucani) promoveu, no último dia 30 de março, o Evento de Integração dos Alunos Internacionais da USP.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail
994X9884
Cerca de 200 estudantes, oriundos de 33 países, participaram da atividade

Com o objetivo de congregar os alunos estrangeiros de graduação e de pós-graduação que fazem intercâmbio na Universidade, a Agência USP de Cooperação Acadêmica Nacional e Internacional (Aucani) promoveu, no último dia 30 de março, o Evento de Integração dos Alunos Internacionais da USP, no auditório da Biblioteca Brasiliana, na Cidade Universitária, em São Paulo.

Cerca de 200 estudantes, oriundos de 33 países, participaram da atividade. O reitor Marco Antonio Zago fez a abertura do evento, dando as boas-vindas aos alunos. “A USP se sente honrada em receber os alunos estrangeiros, que trazem um pouco de sua cultura e de seus costumes para a Universidade”, afirmou.

O reitor destacou o caráter internacional da Universidade desde a sua fundação, lembrando a importância das chamadas “missões estrangeiras” [professores de França, Itália, Alemanha, Inglaterra e Estados Unidos que vieram lecionar na USP em 1934]. “A internacionalização nas Universidades passou a ser vista como instrumento de captação de alunos e de recursos. Não é assim que a USP vê o intercâmbio, como uma disputa de mercado. A internacionalização está na raiz das Instituições e é esse espírito que queremos manter. É isso que faz com que as Universidades fiquem vivas”, considerou.

O presidente da Aucani, Raul Machado Neto, fez uma bem-humorada “chamada” dos países representados no evento, dentre eles, Áustria, Alemanha, França, Honduras, Taiwan, Peru, Estados Unidos e Japão, e contou com a calorosa recepção dos estudantes. Em seguida, fez uma rápida apresentação sobre a Universidade e sobre as linhas de atuação da Agência.

De acordo com Machado, a USP tem, atualmente, 1.242 convênios, acordos e protocolos vigentes com Instituições estrangeiras, dos quais 55% são com países europeus. Em 2015, a Universidade recebeu 1.454 alunos do Exterior e os países com maior número de alunos intercambistas na USP foram França, com 324 alunos; Colômbia, com 173; e Espanha, com 136.

Programa USP ifriends

994X0012edited
A estudante portuguesa Cátia Filipa Oliveira Correia (à esq.) e sua ifriend Ana Clara Beltran Rodrigues

Machado também falou sobre o Programa USP ifriends, que inscreve voluntários dispostos a colaborar na recepção do intercambista, buscando-o no aeroporto e ajudando-o a se localizar na cidade. O “Amigo USP” também se encarrega de ajudar o estrangeiro a procurar moradia, legalizar sua situação junto à Polícia Federal e a se adaptar ao modo de vida brasileiro.

Christine Henriques dos Santos, aluna da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ), é uma das participantes do programa. Ela é ifriend do estudante colombiano, da Universidad de Antioquia, Santiago Lenis Alvarez. Os dois estudantes foram convidados a falar sobre a sua experiência. “Escolhi a USP por ser a melhor da América Latina e a melhor na área de Medicina Veterinária”, disse Alvarez.

Outra convidada a fazer seu depoimento foi a aluna de Doutorado do Instituto de Química (IQ), Ana Clara Beltran Rodrigues, ao lado de sua ifriend, a estudante portuguesa Cátia Filipa Oliveira Correia. O intercâmbio é resultado de uma parceria da USP com a Universidade de Coimbra. “Sinto-me como se estivesse em casa”, afirmou Filipa.

O estudante de Letras da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH), André Victor Oliveira Conde Malta, ressaltou a forte integração que teve com os alemães, quando de seu intercâmbio naquele país e o quanto gosta de retribuir essa hospitalidade com alunos estrangeiros que vêm ao Brasil. Malta é ifriend do estudante costa-riquenho Luis Alejandro Serrano Alvarado, estudante do curso de Ciências Sociais da Universidad de Costa Rica. Alvarado se orgulha de ser o primeiro aluno da Instituição a fazer um intercâmbio na USP. “Estou muito orgulhoso por esse sonho virar realidade”, comemorou.

O encerramento do encontro foi marcado por apresentações musicais e de dança. O estudante colombiano Julian Orlando Gomez Lara e a aluna chilena Silvana Katherine Bustos Rubio, que fazem intercâmbio na Escola de Comunicações e Artes (ECA), apresentaram a música “Volver a los 17”, de Violeta Parra.

Os alunos chilenos Valeska Aracelli Oyarzún Guzmán, Francisco Javier Cataldo Contreras e Diego Méndez e os estudantes colombianos Santiago Valencia Carvajal, Luz Marynella Vargas Araujo e Luisa Ocampo Ospina fizeram apresentações de cumbia e fandango, danças típicas  de seus países.

(Fotos: Ernani Coimbra)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados