EACH será uma das Unidades mais produtivas da USP, afirma diretor

“Estabelecemos como diretriz lançar as sementes, para que em 2034, ano do centenário da USP, a EACH seja uma das suas Unidades mais produtivas”, revela o novo diretor da Unidade.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

 

(da esquerda para direita) O vice-reitor da USP, Franco Maria Lajolo; o novo diretor da EACH, José Jorge Boueri Filho; o reitor da USP, João Grandino Rodas; e o ex-diretor da EACH, Dante De Rose Jr., de janeiro de 2006 a janeiro de 2010. (Crédito:Ernani Coimbra)

Esta é a diretriz anunciada pelo professor José Jorge Boueri Filho, o novo diretor da Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH) da USP, conhecida também como USP Leste, em seu discurso de posse, em cerimônia realizada no dia 8 de março, na sala do Conselho Universitário, no prédio da Reitoria.

Na ocasião, Boueri anunciou as convicções que nortearão os próximos quatro anos da Unidade, durante sua gestão. “É necessário desenvolver o orgulho de ser EACH. Valorizar a decisão e a ação. Dar transparência de todas as ações. Transformar a EACH numa usina de líderes criativos, capazes de promover inovações sociais e tecnológicas”.Afirmando que nem todos entendem a importância desta Unidade da USP na zona leste da cidade, e “a sua inserção em uma região ávida por melhorias sociais”, o novo diretor ressaltou que a EACH, em seus cinco anos de existência, já demonstra o seu potencial “sendo um dos maiores celeiros de programas de extensão na Universidade de São Paulo e, possuindo o maior programa da Universidade Aberta à Terceira Idade”. O reitor da USP, João Grandino Rodas, disse que, em primeiro lugar, é necessário lembrar a importância da EACH, localizada em uma zona da cidade que é das mais habitadas, pois “Isso faz bem para a Universidade e não só para as pessoas que lá estão”. Rodas aproveitou para citar alguns responsáveis pela criação da Unidade que estavam presentes. O ex-reitor da USP de 2001 a 2005, Adolpho José Melfi, em cuja gestão a Unidade foi criada; a professora emérita da Faculdade de Educação (FE), Myriam Krasilchik; os professores Sylvio Barros Sawaya, Jorge Mancini Filho, respectivamente, da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) e da Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF); e Celso de Barros Filho, chefe de Gabinete na gestão do ex-reitor.

Ele lembrou que é originário também da zona leste da capital – nascido na Vila Maria e criado no Belém – e quando entrou na USP, na antiga Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, ainda era morador da região e, na época, não tinha integração com o metrô e viadutos para facilitar a chegada até a Cidade Universitária, no Butantã; o que demonstra a importância dos moradores desta região ter uma Universidade, como a USP, próxima de suas casas.Sobre o novo diretor, o reitor acredita que, após o trabalho profícuo do ex-diretor, Dante De Rose Junior, “nós teremos um dirigente também com a capacidade e com o conhecimento para fazer com que essas correções que sejam necessárias acabem sendo feitas”.

  Clique aqui para assistir ao vídeo da cerimônia, gravado pela IPTV-USP.

No fim da cerimônia, aconteceu uma apresentação musical com professores e funcionários da EACH

                                      

 


           

acima, os funcionários: (da esq. para à dir) Bete Mendes, Ernandes Silva; o novo diretor da EACH; e Renata Paivaao lado, a funcionáriaRosana Marcelino e o vice-diretor, Edson Leite.Crédito das Fotos:   Ernani Coimbra           

 

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail