Comunicado da Reitoria sobre a greve e os prédios bloqueados

A Reitoria da Universidade de São Paulo (USP) esclarece que as atividades acadêmicas – ensino, pesquisa e extensão – funcionam normalmente apesar da greve que atinge cerca de 5% dos servidores técnico-administrativos em todos os campi da Universidade, em São Paulo e no interior.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

A Reitoria da Universidade de São Paulo (USP) esclarece que as atividades acadêmicas – ensino, pesquisa e extensão – funcionam normalmente apesar da greve que atinge cerca de 5% dos servidores técnico-administrativos em todos os campi da Universidade, em São Paulo e no interior. Órgãos da Reitoria permanecem em atividade em locais alternativos.

Informa, ainda, que, em relação aos prédios cujos acessos estão bloqueados, a Justiça já expediu mandados de reintegração de posse. Espera-se, entretanto, que a desobstrução dos mesmos ocorra sem a necessidade da implementação dessa medida.

Por seu turno, a Universidade tem informado os órgãos judiciais sobre a ocorrência dos piquetes, para cumprimento da liminar, que estabelece multa diária por prédio bloqueado.

Reitera-se também que cabe ao CRUESP, e não a qualquer Reitoria isolada, a condução das discussões sobre pauta salarial e que foi concedido, em 11 de maio, reajuste de 6,57% aos servidores da USP, UNESP e Unicamp.

O comunicado desta Reitoria, datado de 4 de maio, continua em vigência.

São Paulo, 26 de maio de 2010.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados