CCint assina convênio com instituição francesa

Convênio tem como objetivo formalizar e efetivar a participação da Universidade no Collège Universitaire Franco-Brésilien Santos Dumont.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail
(esq. p/ dir.) A diretora de Relações Internacionais da École Normale Supérieure de Cachan, Bogdana Savu-Neuville; o diretor científico do Santos Dumont College, Hisham Abou-Kandil; e o vice-reitor Executivo de Relações Internacionais, Adnei Melges de Andrade

No dia 11 de abril, a Comissão de Cooperação Internacional (CCInt) realizou uma cerimônia, na Reitoria, para a assinatura de convênio com a École Normale Supérieure (ENS) de Cachan, França, com o intuito de formalizar e efetivar a participação da Universidade no Collège Universitaire Franco-Brésilien Santos Dumont.

A ENS de Cachan possui, há muitos anos, inúmeras colaborações científicas com universidades brasileiras em diversos campos científicos e, notadamente, nas ciências da engenhariam, as quais têm contribuído para o surgimento de uma verdadeira cultura científica comum, perpetuada através de numerosos projetos compartilhados em pesquisa e na formação conjunta de doutores em regime de co-orientação.

O Collège Universitaire Franco-Brésilien Santos Dumont foi criado pela ENS para fortalecer as diferentes colaborações em ensino e pesquisa já existentes entre esta universidade francesa e as instituições brasileiras. Um acordo de cooperação é assinado pela ENS com cada universidade brasileira parceira que deseje integrar o Collège Universitaire Santos Dumont.

A finalidade do Collège é estruturar, desenvolver e tornar perenes essas relações, assegurar uma melhor visibilidade internacional  a projetos científicos de alto nível, promover a pluridisciplinaridade, favorecer a mobilidade dos estudantes e dos docentes entre a França e o Brasil e definir as diretrizes para a realização de parceria científica e universitária.

Formas de cooperação

A colaboração entre as instituições se desenvolve sob a forma de cooperações científicas e acadêmicas,  através do intercâmbio de pesquisadores, de docentes e de estudantes de graduação (no nível “máster” francês) e doutorado. Estas cooperações serão reguladas por acordos específicos assinados pelas instituições parceiras, paralelamente a este acordo.

Estas colaborações científicas poderão também assumir a forma de estruturas dos tipos “Laboratórios comuns sem paredes”, Laboratório Internacional Associado, Unidade Mista de Pesquisa Internacional, etc. , as quais também serão regidas por acordos específicos celebrados pelas instituições parceiras. Além disso, colaborações com o setor industrial podem ser consideradas sobre temas de interesse comum para os parceiros, que deverão ser regidas por acordos específicos firmados pelas instituições parceiras.

Na cerimônia, estiveram presentes, o diretor científico do Santos Dumont College, Hisham Abou-Kandil, que também é diretor do the Blue Sky Programme of Agence de la Recherche (ANR); a diretora de Relações Internacionais da Ecole Normale SupÈrieure de Cachan, Bogdana Savu-Neuville; o diretor do LMT laboratory, Ahmed Benallal; e o  representante do Consulado Geral da França para a área de Cooperação e de Ação Cultural, Jean-Pierre Garino.

Pela USP, estavam presentes o vice-reitor Executivo de Relações Internacionais, Adnei Melges de Andrade, e o diretor da Escola Politécnica, José Roberto Cardoso.

(Fotos: Ernani Coimbra)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados