Campus de Ribeirão Preto da USP realiza inauguração e celebra jubileu de duas faculdades

A reitora da USP, Suely Vilela, discursa durante cerimônia dos 85 anos da FCFRP e FORP

A última sexta-feira, 14 de agosto, foi um dia de inaugurações na Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP), e de comemorações pelos 85 anos da Unidade e da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP).

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail
A reitora da USP, Suely Vilela, discursa durante cerimônia dos 85 anos da FCFRP e FORP

A última sexta-feira, 14 de agosto, foi um dia de inaugurações na Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP), e de comemorações pelos 85 anos da Unidade e da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP).

Às 15h, a FORP inaugurou as obras de restauro e modernização da Clínica III do Prédio das Clínicas Odontológicas. Com  uma estrutura diferenciada, a clínica foi idealizada para atender  também as necessidades da disciplina de Semiologia, que cuida de diagnósticos, como de câncer bucal, por exemplo. A clínica possui, ainda, um box exclusivamente para biopsias. Em função dessa utilização, ela tem 20 aparelhos de Rx, além de 33 novos consultórios completos.

Em seguida, foi a vez do novo Anfiteatro Didático da FORP ser inaugurado, o quarto desta Unidade, com capacidade para cem pessoas. “Com estas inaugurações, a Faculdade de Odontologia se consolida com uma das melhores do Brasil e do mundo”, comemora o diretor da FORP, Osvaldo Luiz Bezzon.  Mais tarde, às 17h, no  auditório R da FCFRP comemorou-se os 85 anos de criação da FORP e e da FCFRP, completados em 1º de junho. As duas Unidades nasceram da Faculdade de  Farmácia e Odontologia de Ribeirão Preto, em 1924, foram incorporadas  à USP em 1974 e desmembradas em 1983.

O diretor da FCFRP, Augusto César Cropanese Spadaro, ao falar sobre o jubileu, relatou um pouco da história da criação das Unidades, como foram incorporadas à USP, a partir do ano de 1974; dos diretores que por ali passaram; e do ensino oferecido pela Faculdade “formando profissionais éticos, críticos e com visão humanista”. Em seu pronunciamento, o diretor da FORP, ressaltou que a separação das duas faculdades não foi uma cisão. “Até hoje há professores da Farmácia dando aula na Odontologia e vice-versa, preservando a parceria entre as duas, existente desde o início”.

Por ocasião dos 85 anos das duas faculdades, a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) criou selos comemorativos para a data, os quais foram entregues aos diretores pelo gerente de vendas da regional de Ribeirão Preto da empresa, Júlio Pedro Saadi. “O registro em selo é mais um componente para perpetuar a história destas duas faculdades”, disse.

A reitora da USP, Suely Vilela, destacou a importância da formação obtida por ela durante a Faculdade de Farmácia e Odontologia, e a docência na Faculdade de Ciências Farmacêuticas, como o norte na sua profissão, pois, “além da grande experiência acadêmica, propiciou-me a fundamental oportunidade do exercício do cargo de diretora, o que me abriu as portas para galgar novas posições e enfrentar maiores desafios. Hoje, como reitora, cargo que me permite conhecer mais amplamente a Universidade, vejo, com satisfação, o papel relevante que estas Unidades representam no contexto institucional”.

(Fotos: Ernani Coimbra)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail