Biblioteca Brasiliana abre inscrições para Programa de Residência em Pesquisa

O programa tem o objetivo de fomentar a pesquisa centrada no acervo e no arquivo da Biblioteca Brasiliana, contribuindo para o desenvolvimento científico, para a formação de pesquisadores e para a transmissão do conhecimento.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

O programa tem o objetivo de fomentar a pesquisa centrada no acervo e no arquivo da Biblioteca Brasiliana, contribuindo para o desenvolvimento científico, para a formação de pesquisadores e para a transmissão do conhecimento

Até o dia 3 de junho, pesquisadores que tenham ou não vínculo com a Universidade podem se inscrever no Programa de Editais de Residência em Pesquisa para desenvolver projetos relacionados ao acervo de fontes primárias e secundárias da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin, órgão da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária (PRCEU).

O programa é aberto a pesquisadores de todas as áreas, brasileiros ou estrangeiros, que tenham ou não vínculo com a Universidade

O programa é aberto a pesquisadores brasileiros e estrangeiros, de todas as áreas, nas categorias seniores, professores licenciados, independentes ou em disponibilidade parcial para pesquisa, que tenham financiamento próprio e pretendam desenvolver projetos ligados ao perfil e à natureza da Brasiliana. De acordo com a vice-diretora da Biblioteca, Giuliana Ragusa, “é natural que o maior interesse seja de pesquisadores das Humanidades, mas nós esperamos que também haja procura de pesquisadores de outras áreas, para uma maior diversificação das pesquisas dedicadas aos estudos brasileiros”.

Além do acesso à coleção da Biblioteca, também será oferecida aos residentes uma infraestrutura de trabalho, incluindo um gabinete de estudo, durante o período de desenvolvimento do projeto de pesquisa.

São duas as modalidades de vinculação: a residência de programa de pós-doutorado e a residência de programa de pesquisador. A primeira modalidade estimula pesquisas em nível avançado e cria condições para que o acervo da Biblioteca seja explorado e divulgado, contribuindo para o desenvolvimento dos estudos brasileiros. Os projetos devem prever a permanência de seis a 12 meses na Biblioteca, prorrogáveis por igual período.

Já a residência de programa de pesquisador tem o objetivo de atrair pesquisadores qualificados e com experiência em estudos brasileiros que colaborem na organização de seminários, colóquios e cafés acadêmicos abordando aspectos da pesquisa desenvolvida e que contribuam para o intercâmbio de ideias e a divulgação do acervo da Biblioteca. Os projetos dessa modalidade devem prever a permanência de um a seis meses, prorrogáveis por igual período.

Os pesquisadores interessados devem possuir pelo menos o título de doutor e experiência de pesquisa na área de estudos brasileiros. As inscrições devem ser feitas até o dia 3 de junho. O edital completo está disponível na página da Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin. Mais informações pelo e-mail bbm@usp.br .

Os projetos serão analisados por um Comitê Acadêmico e avaliados de acordo com o mérito da proposta, a adequação do projeto ao acervo da Biblioteca, a recomendação de assessores especializados e a avaliação do currículo. A expectativa é que, com a consolidação do Programa, sejam abertos dois editais por ano, com inscrições nos meses de fevereiro e agosto.

Programa de Residências da PRCEU

Lançado no final de março, o Programa de Editais de Residência em Pesquisa da Biblioteca Brasiliana é um dos itens do Plano de Metas para 2015 da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária.

“O Programa de Residência representa uma grande inovação no âmbito da USP. É um adensamento das atividades de cultura e extensão e uma abertura maior da Universidade para a formação profissional. Com as residências, nós poderemos não só dar corpo à pesquisa que envolve as atividades de cultura e extensão como também habilitar a Pró-Reitoria a fazer uma extensão universitária de altíssimo padrão”, afirmou a pró-reitora, Maria Arminda do Nascimento Arruda.

Ainda para este ano, estão previstos os lançamentos de mais dois editais, um do Programa de Residência Profissional em Arquitetura e Planejamento Urbano e outro do Programa de Residência Artística.

 (Foto: Divulgação)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados