Novo diretor quer modernizar instalações do Museu de Zoologia

Mario Cesar Cardoso de Pinna e Marcelo Duarte da Silva tomaram posse no dia 2/4 como novos diretor e vice-diretor do MZ

Por - Editorias: Institucional
Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail
O novo diretor, Mário Cesar Cardoso de Pinha, destacou a honra de assumir um cargo que já foi ocupado por docentes ilustres – Foto: Cecília Bastos/USP Imagens

No dia 2 de abril, o espaço expositivo do Museu de Zoologia (MZ) foi palco da cerimônia de posse dos novos diretor e vice-diretor da Instituição, Mario Cesar Cardoso de Pinna e Marcelo Duarte da Silva, respectivamente.

O evento contou com a presença de dirigentes da Universidade, ex-diretores, servidores técnicos e administrativos, docentes e alunos do Museu.

O novo diretor, Mario Cesar Cardoso de Pinna, deu início a seu discurso afirmando que era uma “honra assumir um cargo que já foi ocupado por nomes como Paulo Vanzolini, Miguel Trefaut e Marcos Domingos Siqueira Tavares”.

Dentre as principais metas de sua gestão, Pinna destacou a o fortalecimento do MZ como um museu de pesquisa e a expansão e modernização das instalações do Museu. O novo dirigente lembrou que a área de Zoologia da USP está classificada como a melhor do mundo segundo o CWUR Rankings by Subject, elaborado pelo Center for World University Rankings – instituição da Arábia Saudita. A avaliação levou em conta o número de artigos científicos publicados em revistas, utilizando a base de dados da Clarivate Analytics.

O Museu de Zoologia da USP é detentor de um dos maiores acervos zoológicos da América Latina. Com mais de 10 milhões de exemplares preservados, alguns deles já extintos, é fonte de dados nas áreas de biologia evolutiva, paleontologia, ecologia e biologia molecular. Além de ministrar disciplinas optativas em cursos de graduação de unidades afins, o museu oferece o Programa de Pós-Graduação em Sistemática, Taxonomia Animal e Biodiversidade. Também oferece exposições de longa duração, temporárias e itinerantes, que representam a principal interface de acesso do público aos seus acervos.

(Da esq. p/dir) O secretário-geral da USP, Ignácio Maria Poveda Velasco; o novo diretor, Mário Cesar Cardoso de Pinna; o reitor Vahan Agopyan; o vice-reitor Antonio Carlos Hernandes; o ex-diretor do Museu, Marcos Domingos Siqueira Tavares; e o novo vice-diretor, Marcelo Duarte da Silva – Foto: Cecília Bastos/USP Imagens

“O Museu de Zoologia se constitui como importante centro de pesquisa, ensino e extensão, o que representa a cerne de um museu universitário”, considerou o reitor Vahan Agopyan. Segundo ele, os novos dirigentes terão como principal desafio “tornar o Museu mais atuante dentro da USP e para a sociedade”.

“São novos tempos, novas perspectivas e novas expectativas. Tenho a certeza de que os novos diretores farão do Museu de Zoologia um museu melhor e mais dinâmico”, considerou.

Quem são

O novo diretor, Mario Cesar Cardoso de Pinna, possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, doutorado em Biologia Evolutiva pela Universidade da Cidade de Nova York/Museu Americano de História Natural e Livre-Docência pela USP. É professor titular do MZ e atua na área de Zoologia, com ênfase em Ictiologia (taxonomia dos grupos recentes), principalmente na sistemática e filogenia de siluriformes e clupeiformes (grupos de peixes).

Marcelo Duarte da Silva, o novo vice-diretor, é graduado em Ciências Biológicas pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro, mestre e doutor em Entomologia pela Universidade Federal do Paraná. É professor associado do MZ e pesquisador associado do Museu Americano de História Natural. Tem experiência na área de zoologia, com ênfase em sistemática, taxonomia e biologia de lepidoptera (insetos conhecidos popularmente por borboletas e mariposas em forma adulta, e lagartas, taturanas e mandarovás quando imaturos).

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados