Instituto Oceanográfico empossa nova diretoria

A cerimônia de posse da nova diretora e do novo vice-diretor será no dia 30 de novembro

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail
O prédio-sede do Instituto Oceanográfico está localizado na Cidade Universitária, em São Paulo – Foto: USP Imagens

No próximo dia 30 de novembro (quinta-feira), às 16h, o Instituto Oceanográfico (IO) promove a cerimônia de posse de sua nova diretora, Elisabete de Santis Braga da Graça Saraiva, e do novo vice-diretor da unidade, Paulo Yukio Gomes Sumida. A cerimônia será realizada no Auditório Professor Dr. Plínio Soares de Almeida (Praça do Oceanográfico, 191, na Cidade Universitária, em São Paulo).

A nova diretora, Elisabete de Santis Braga da Graça Saraiva, é professora titular do Departamento de Oceanografia Física, Química e Geológica do IO. Possui bacharelado e licenciatura em Ciências Biológicas, mestrado em Oceanografia, todos pela USP, e doutorado-sanduíche em Oceanografia pela USP e pela Université de Bretagne Occidentale. Fez pós-doutorado no Institut de Recherche pour le Développement, na Université Pierre et Marie Curie e no Institut Universitaire Européen de la Mer.

É pesquisadora do IO desde 1985 e especialista em ciclos biogeoquímicos nos oceanos e bioquímica marinha. Foi diretora do Museu de Ciências da USP por três mandatos consecutivos, no período de 2004 a 2010. Tem experiência na área de Oceanografia Química, atuando, principalmente, nos seguintes temas: nutrientes, ciclo do carbono, oceanografia química, poluição e metais pesados. Possui cerca de 50 mil milhas náuticas navegadas em expedições científicas.

Paulo Yukio Gomes Sumida, o novo vice-diretor, obteve o doutorado na Universidade de Southampton e fez o pós-doutorado na Universidade do Havaí. Ingressou na USP como professor assistente em 2000. Já trabalhou com vários tópicos relacionados à ecologia dos organismos bentônicos das águas profundas em diferentes bacias oceânicas, como o Atlântico Norte e do Sul e o Golfo do México. Participou de mais de 40 cruzeiros oceanográficos. Atualmente, realiza pesquisa nas áreas de fauna de ambientes de redução, recifes de corais de águas profundas e nódulos e crostas polimetálicos.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados