Colunista relembra setembrada de 1966

Duas medidas ditatoriais impeliram os estudantes da época a permanecerem unidos: a oposição à lei que pretendia enquadrá-los e o repúdio a um pedido de ajuda dos EUA