Francisco Alves, o rei do livro

A relação de Francisco Alves com o comércio de livros teve início em 1872, quando instalou um sebo – que acabou sendo bem-sucedido – numa rua do Rio de Janeiro