A cidade contra os pichadores

Foto: André Tambucci/ Fotos Públicas

Para a professora Raquel Rolnik, a atitude de “cobrir” as pichações constitui um gesto autoritário, justamente quando o diálogo deveria prevalecer