Revista sobre livros e editoração chega à quinta edição

A arte da tipografia, a trajetória do editor Jacó Guinsburg e o trabalho de tradução de poemas estão entre os temas da nova edição da revista Livro, do Núcleo de Estudos do Livro e da Edição (Nele) da USP, que será lançada no dia 29 de junho, na Livraria da Vila

Por - Editorias: Cultura
Foto: Reprodução
A nova edição da revista Livro – Foto: Reprodução

O Núcleo de Estudos do Livro e da Edição (Nele) da USP lança no dia 29, quarta-feira, na Livraria da Vila, em São Paulo, a quinta edição da revista Livro, um projeto coordenado pelos professores Plinio Martins Filho e Marisa Midori Deaecto, ambos do Departamento de Jornalismo e Editoração da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP.

Tendo o livro como o foco principal de suas 392 páginas, a revista traz artigos de diversos autores. “O design, a impressão, os artigos, as ilustrações, as revisões, as leituras, enfim, todo o processo árduo e lento de preparação editorial é fruto da doação de muitos parceiros que acreditaram e que ainda acreditam no projeto; da paciência de outros tantos amigos do livro que cedem seus trabalhos de pesquisa e suas reflexões para estampar nossa revista”, comentam Plinio Martins e Marisa, que assinam o texto de apresentação da revista.

Dividida em 12 editorias (Conversas de Livraria, Leituras, Dossiê Tipografias, Arquivo, Acervo, Almanaque, Memória, Bibliomania, Estante Editorial, Debate, Letra & Arte e Colaboradores), a revista se propõe, em tempos e mudanças e instabilidade – como comentam os editores –, a preservar o valor e a memória do livro, como o responsável por ser “o guardião da humanidade”.

The Bookseller - Foto: Reprodução
The Bookseller – Foto: Reprodução

A revista começa com um texto escrito pelo historiador Carlos Guilherme Mota, intitulado “São Paulo, cidade de cultura, livrarias, bibliotecas”, que compõe a editoria Conversas de Livraria. Nele, Mota conta sua trajetória de proximidade com os livros e quais foram as publicações marcantes em sua vida – entre elas, obras dos historiadores Eric Hobsbawm (1917-2012) e Vitorino Magalhães Godinho (1918-2011) e do sociólogo Florestan Fernandes (1920-1995).

Na editoria Dossiê Tipografias, vários autores escrevem sobre a arte presente na edição dos livros – a escolha da fonte certa para cada tipo de publicação e a evolução da tipografia até os tempos atuais, por exemplo –, propondo uma discussão sobre a tensão entre a técnica, a tecnologia e a arte envolvida no processo da tipografia. Nessa discussão, aparecem nomes importantes como Hermann Zapf, um designer de fontes alemão, responsável por fontes famosas como a Palatino.

Plinio Martins e Marisa Midori - Foto: Marcos Santos / USP Imagens
Os professores Plinio Martins Filho e Marisa Midori Deaecto – Foto: Marcos Santos / USP Imagens

Jacó Guinsburg, presidente da Editora Perspectiva, é homenageado em um texto publicado na seção Memória, O editor, assinado por Plinio Martins Filho. Aproveitando o cinquentenário da Editora Perspectiva, o autor propõe ao leitor refletir sobre a figura do editor em um momento em que editoras estão sendo incorporadas a grandes grupos e a lógica empresarial passa a ter mais importância do que o zelo na escolha de um catálogo baseado no valor cultural dos livros. Assim, Martins passa a “fala” a Guinsburg, que, em seguida, escreve sobre sua trajetória como editor.

A penúltima seção apresentada na revista é Letra & Arte, voltada para a tradução de poesia. No texto de abertura da seção, o professor José de Paula Ramos Jr., da ECA, comenta que um poema somente é plenamente compreendido quando lido em sua língua materna, pelas peculiaridades culturais de cada idioma, apesar de todas as línguas serem regidas pelo mesmo objetivo, que é comunicar. No entanto, continua o professor, apesar das diferenças, a tradução é possível por aproximação, já que a cultura humana é uma só dentro de sua própria diversidade. Dessa forma, um tradutor deve ter o conhecimento amplo de ambas as línguas e, somado a isso, o conhecimento das respectivas culturas, para que as traduções consigam passar as mensagens preteridas pela língua original. Em seguida, são apresentados poemas originais em latim, grego, alemão e inglês, com suas correspondentes traduções para o português.

A revista finaliza com a apresentação dos colaboradores que participaram desta quinta edição.

Revista Livro, número 5, Plinio Martins Filho e Marisa Midori Deaecto (editores), Núcleo de Estudos do Livro e da Edição (Nele) da USP/Ateliê Editorial, 392 páginas, R$ 70,00.

O lançamento da revista será no dia 29 de junho, quarta-feira, das 18h30 às 21 horas, na Livraria da Vila (rua Fradique Coutinho, 915, Pinheiros, em São Paulo).

Textos relacionados