Projeto brasileiro de cultura foi destaque em evento na Itália

As políticas públicas culturais do Brasil e o Projeto Alma – uma parceria entre a USP de Ribeirão Preto e a Fundação Pedro II – foram destaque no evento Cultura Impresa Festival, que ocorreu no final de outubro em Faenza, Itália

Por - Editorias: Cultura
Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail
14990980_1951847745045332_4151810770536856025_o
Paula Camargo em palestra na Itália – Foto: Divulgação

As políticas públicas culturais do Brasil e o Projeto Academia Livre de Música e Arte (Alma), projeto cultural e socioeducativo realizado graças a uma parceria entre o Departamento de Música da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP) da USP e a Fundação Pedro II, foi destaque no evento Cultura Impresa Festival, no final de outubro em Faenza, Itália.

A responsável em levar um pouco das políticas e atividade culturais do Brasil para os italianos foi Paula Camargo, formada em Ciência da Informação e Documentação (CID) pela FFCLRP. Na sua apresentação, Paula falou sobre a criação da primeira lei brasileira de incentivo à cultura, em 1986, e o surgimento da Lei Rouanet, em 1991. Ela informou os italianos sobre o funcionamento das leis de incentivo à cultura no País e falou sobre os programas do governo para a descentralização cultural, como os Pontos de Cultura e o Programa Vale-Cultura. Citou também o Projeto de lei Procultura, que, se aprovado, substituirá a Lei Rouanet.

Segundo Paula,“a recepção foi muito boa e eles ficaram muito curiosos em saber como fazemos cultura no Brasil, que é muito diverso do que fazem na Itália”.

Cultura Impresa Festival

O evento Cultura Impresa Festival busca construir relacionamentos com as pessoas envolvidas na cultura, principalmente empresas culturais e produtores culturais, com o intuito de uma troca de conhecimentos em cultura e de conhecer como se faz cultura hoje no mundo em realidades regionais, nacionais e internacionais.

Já o Alma é uma associação privada sem fins lucrativos de Ribeirão Preto, fundada em junho de 2015, que busca proporcionar a crianças e adolescentes iniciados em artes, especialmente em música, a possibilidade de aperfeiçoamento técnico, artístico e expressivo, com vistas à valorização de um ensino de excelência, que leva em conta a essência multifacetária da música, principalmente na relação desta com as outras expressões artísticas.

Paula Camargo é bibliotecária e mestre em Empreendedorismo do Espetáculo pela Universidade de Bolonha, na Itália. Já participou da organização do Festival Música Nova e do Festival Fiato al Brasile, além de ter produzido e promovido os grupos musicais Banda Mogiana e Brasil Matuto.

Mais informações: paulaecamargo@gmail.com

Gabriela Vilas Boas, de Ribeirão Preto

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados