Professor da USP lança livro na Igreja do Bonfim

As fotos de Atílio Avancini, do Departamento de Jornalismo, sobre a Lavagem do Bonfim, integram a festa da fé

Por - Editorias: Cultura
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Foto: Atílio Avancini

.

A Bahia começa a receber peregrinos de todo o Brasil para a sua grande festa religiosa. A programação começou na última quinta-feira com o hasteamento da bandeira do Senhor Bom Jesus do Bonfim, no Largo do Bonfim, em Salvador. Missas ao ar livre, apresentação de corais, músicos, dança, integram a festa que se estende até o dia 14. Neste ano, as comemorações terão a participação de Atílio Avancini, professor do Departamento de Jornalismo da Escola de Comunicações e Artes, que, no próximo dia 9, às 17 horas, estará lançando o livro Lavagem do Bonfim: Formas de Reportar, da Editora Alameda.
A edição é resultado da pesquisa de Avancini sobre a cultura popular brasileira, em especial, a Lavagem do Bonfim, tema do seu doutorado na USP. Reúne uma seleção de 80 imagens de sete festas entre 1994 e 2009. “A proposta é valorizar a cultura e a religiosidade genuína da gente brasileira. Fico emocionado por ter sido convidado a lançar o livro nesta festa que integra pessoas de diversas religiões em busca da paz, esperança, fé e cidadania.”
Avancini está participando do evento a convite do atual reitor da igreja do Bonfim, padre Edson Menezes da Silva, que é bem lembrado no livro. “A Lavagem do Bonfim é uma tradição de 263 anos. Integra a convivência entre duas diferentes práticas religiosas, a igreja católica e o candomblé, bem como a interação entre o sagrado e o profano”, explica.
Padre Edson da Silva sabe que a Bahia é ponte entre a igreja católica e o candomblé. “Temos muito a aprender com a cultura afro-brasileira e as manifestações populares”, observa. “Desejo que as águas dessa Lavagem ajudem a construir tempos de paz.” Pretende, portanto, ampliar o diálogo e revitalizar a parceria-irmandade entre o Senhor do Bonfim e Oxalá.
Na opinião de Avancini, o caráter rico, contraditório e diverso da festa aparece nos aspectos não visíveis da realidade. “Isto quer dizer que o povo ao festejar o bom fim celebra uma resistência secular: a vitória da vida na luta cotidiana.”

Foto: Atílio Avancini

Lançamento do livro Lavagem do Bonfim: Formas de Reportar, editora Alameda, 146 páginas, será no dia 9, às 17 horas. Preço: 96,00. Local: Espaço Cultural da Igreja Nossa Senhor do Bonfim, Largo do Bonfim, s/n° – Bonfim, Salvador – BA

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados