Orquestra Sinfônica da USP toca marimba na Sala São Paulo

No dia 12 de novembro, Osusp executará obra de Radamés Gnattali que utiliza instrumento de percussão surgido na África há milênios

Por - Editorias: Cultura
Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

.

Apresentação da OSUSP - Foto: Divulgação
A Orquestra Sinfônica da USP (Osusp) – Foto: Divulgação

.
No dia 12 de novembro, sábado, às 21 horas, a Orquestra Sinfônica da USP (Osusp) segue com sua temporada de concertos de 2016 e faz mais um espetáculo na Sala São Paulo. A ocasião conta com a presença do regente e percussionista Ricardo Bologna, que conduzirá a orquestra na interpretação das obras
Bachianas Brasileiras, de Heitor Villa-Lobos, Divertimento para Marimba e Cordas, de Radamés Gnattali, e Sinfonia nº 5 em Mi Menor, Op. 64, de Piotr Tchaikovsky.

Antes desse espetáculo, a Osusp fará um ensaio aberto no dia 11 de novembro, sexta-feira, às 12h30, no auditório do Centro de Difusão Internacional (CDI) da USP. Esse ensaio será gratuito e o repertório apresentado inclui o mesmo do espetáculo da Sala São Paulo.

Ricardo Bologna, que também é professor do Departamento de Música da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP, destaca que a ideia era montar um programa variado. “Apresentamos um pouco de tudo”, diz. “Na primeira parte, duas peças brasileiras e, na segunda, uma mais tradicional, do compositor russo Tchaikovsky, que já está enraizada no repertório canônico orquestral.”

Para ele, o destaque principal é a obra de Gnattali. “É a peça mais curiosa do programa, tanto por ser pouco tocada quanto por trazer a marimba, que é um instrumento de percussão não muito conhecido no Brasil”, afirma o professor. “É um instrumento de origem africana que remonta a milênios. Só muito depois ele foi transportado para as Américas, para a Ásia e para a Europa. Foi no século 20 que a marimba se desenvolveu realmente e que os compositores de música clássica e erudita começaram a escrever mais para esse instrumento, inclusive peças solo de marimba e concertos para marimba e orquestra.”

Os ingressos para o concerto na Sala São Paulo custam entre R$ 20,00 e R$ 70,00 e podem ser adquiridos na bilheteria da Sala São Paulo ou através deste link. A Sala São Paulo fica na Praça Júlio Prestes, 16, Centro, São Paulo. O Centro de Difusão Internacional (CDI) da USP fica na Avenida Professor Lúcio Martins Rodrigues, s/n, na Cidade Universitária. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (11) 3091-3000.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados