Eventos culturais sobre a mulher acontecem nesta semana

Dia Internacional da Mulher: eventos culturais na USP comemoram a data – Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Na semana em que se comemora o Dia Internacional da Mulher, três programações culturais ligadas a elas, promovidas pela USP, vão acontecer na Universidade. Uma delas é o evento A Mulher na Literatura de Cordel: Encontro de Cordelistas e Estudiosos, a ser realizado na Casa de Dona Yayá, em São Paulo, nesta sexta-feira, dia 9, às 18 horas. Outra programação é a palestra Mulheres e a cidade no século 19, com a jornalista e historiadora Joana Monteleone, que ocorrerá no sábado, dia 10, às 15 horas, no Monumento Nacional Ruínas Engenho São Jorge dos Erasmos, em Santos (SP). Já na Faculdade de Saúde Pública (FSP), nesta sexta-feira, dia 9, às 14 horas, acontece o evento Quem foi Virgínia Bicudo?, dirigido pelo Coletivo Feminista Virgínia Leone Bicudo, da Escola de Sociologia e Política de SP, que vai dar informações sobre a socióloga, professora, pesquisadora do racismo e uma das fundadoras da psicanálise no Brasil, além de visitadora sanitária formada na década de 1920 na FSP, então denominada Instituto de Hygiene. A entrada é grátis nos três eventos.

A Casa de Dona Yayá – Foto: Marcos Santos / USP Imagens

O evento A Mulher na Literatura de Cordel vai reunir cordelistas e estudiosos para discutir a questão da mulher e da literatura de cordel. A proposta é fazer uma reflexão sobre a produção de cordel como patrimônio cultural nordestino e como expressão feminista estudada e produzida por mulheres. Participarão do evento a escritora e poetisa Cleusa Santo, a cordelista Varneci Nascimento e os professores Fanka Santos, da Universidade Regional do Cariri (Urca), no Ceará, Monica Junqueira, da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU) da USP, Paulo Iumatti, do Instituto de Estudos Brasileiros (IEB) da USP, e Rosilene Alves de Melo, da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), na Paraíba. Na ocasião, Varneci Nascimento fará o lançamento do cordel De Sebastiana a Dona Yayá, que retrata a vida de Sebastiana de Mello Freire, a Dona Yayá, referência cultural da cidade de São Paulo na primeira metade do século 20. O evento é promovido pelo Centro de Preservação Cultural (CPC) da USP, sediado na Casa de Dona Yayá, e pelo IEB.

Os hábitos da população de Santos nos séculos 19 e 20 estão entre os temas de palestra no Engenho dos Erasmos – Fotos: Reprodução

A palestra da jornalista e historiadora Joana Monteleone, que acontece no dia 10, no Engenho dos Erasmos, terá como tema os espaços das mulheres nas cidades e suas modificações ao longo do século 19. “Se no começo do século 19 era mal visto pela sociedade uma mulher sair à rua (a não ser que fosse à igreja e, ainda assim, deveria estar acompanhada), com o passar do tempo as mulheres começaram a ocupar espaços antes restritos aos homens, como cafés, lojas e teatros”, destaca o texto de apresentação da palestra. “O desenvolvimento do capitalismo colocou a mulher no lugar de consumidora, tanto de mercadorias dispostas e vendidas nas novas lojas de departamentos como de espaços de lazer. Ao mesmo tempo, as mulheres passam a trabalhar em fábricas, lojas, consultórios ou escritórios, além de  frequentar cursos de formação superior, tornando-se advogadas, médicas, enfermeiras e professoras.” A palestra integra o programa Portas Abertas e tem coordenação de Beatriz Pacheco Jordão.

Já o evento Quem foi Virgínia Bicudo? incluirá, além da participação do Coletivo Feminista Virgínia Leone Bicudo, a palestra Diálogos e poemas de Stela do Patrocínio: “A voz da loucura”, com a doutora em Filosofia Viviane Mosé e moderação do professor Alberto Advíncula Reis, às 14h30, e a apresentação musical do grupo Sambadas, às 17h30.

A Casa de Dona Yayá fica na Rua Major Diogo, 353, na Bela Vista, em São Paulo, telefone (11) 2648-1501.

O Monumento Nacional Ruínas Engenho São Jorge dos Erasmos da USP fica na Rua Alan Ciber Pinto, 96, na Vila Sao Jorge, em Santos (SP), telefone (13) 3229-2703.

A Faculdade de Saúde Pública fica na Avenida Doutor Arnaldo, 715, Cerqueira César, em São Paulo, telefone (11) 3061-7000.

Este post foi modificado as March 7, 2018, 4:24 pm