Universidade inaugura Tenda Cultural Ortega Y Gasset

Todas as atividades realizadas neste novo espaço cultural da USP são gratuitas e estão programadas para acontecer de 28 de outubro a 13 de novembro.

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Este novo espaço cultural visa ampliar o diálogo entre a Universidade e a sociedade e, para isso, oferece uma programação diversificada

Em iniciativa da Pró-Reitoria de Cultura e Extensão Universitária (PRCEU) da USP, a Tenda Cultural Ortega Y Gasset é um espaço cultural com vocação para ser um ponto de encontro, convivência e reflexão dentro do campus do Butantã. Ela está instalada na Praça do Relógio e oferece uma programação diversificada que inclui debates, seminários, bate-papos interdisciplinares, exposições e apresentações artísticas produzidas dentro e fora da Universidade.

Com curadoria dos sociólogos Maria Arminda do Nascimento Arruda – pró-reitora de Cultura e Extensão Universitária, Sérgio Miceli e da antropóloga Lilia Schwarcz, o projeto é inspirado na Festa Literária Internacional de Parati (FLIP).

A Tenda Cultural Ortega Y Gasset tem 2.300 m2 e está localizada próxima a um dos símbolos da USP, na Praça do Relógio

“É uma iniciativa de vanguarda e mostra que a universidade está cumprindo o seu papel de oferecer espaço para as artes e as ciências à altura do que uma cidade como São Paulo exige”, informa a pró-reitora.

Atividades

O primeiro evento que a Tenda abrigará é o seminário internacional “Emancipações”, de 28 a 30 de outubro, que coloca em pauta o problema da inclusão e da exclusão sob a perspectiva dos 150 anos da Proclamação da Emancipação norte-americana e dos 125 anos da Lei Áurea no Brasil.

De 1º a 9 de novembro é  a vez  de “Realidades incendiárias”,  tema da Bienal Internacional de Teatro da USP, promovida pelo TUSP, que apresenta na Tenda quatro espetáculos: “As estrelas cadentes do meu céu são feitas das bombas do inimigo”, nos dias 1º e 2, “Pulsão”, dias 5 e 6, “A(p)artes da vez, dia 7, e “BadenBaden”, dia 9.  De 11 a 13 de novembro, a atração é “Recusa-Perspectivas intercambiáveis”. São rodas de conversa, teatro e música com os índios Paiter Suruís, a Cia Balagan, Jean Vidal e Marluí Miranda.

Todas as atividades realizadas na Tenda são gratuitas. Em caso de lotação, alguns eventos poderão ser transmitidos no painel de LED na área externa do espaço.

Concepção

O nome da Tenda é uma homenagem ao filósofo espanhol José Ortega y Gasset,  uma das personalidades mais notáveis do século XX e com importante influência na cultura da América Latina.

Do ponto de vista arquitetônico, a Tenda distribui-se em 2.300 m2. Possui um foyer, café com esplanada, espaço para exposições, passarela suspensa, painel de projeções ao ar livre com 30 m² e um auditório de 560 lugares. O projeto foi desenvolvido pela Associação Casa Azul, a mesma que realiza a FLIP.

A Tenda Cultural Ortega Y Gasset está instalada na Praça do Relógio junto à Rua do Anfiteatro s/nº – Cidade Universitária, São Paulo.

Mais informações sobre a programação podem ser obtidas pelos telefones: (11) 3091-1933 / 1778 ou por e-mail: tenda.contato@usp.br


(Com informações da Divisão de Comunicação Institucional da PRCEU /
Foto: Ernani Coimbra)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados