‘Hot site’ destaca presença da Escola de Educação Física e Esporte nos jogos

A plataforma elenca profissionais que ocuparão as disputadas vagas da cerimônia de abertura e fechamento e das competições dos jogos olímpicos

Por - Editorias: Ciências
Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail
O hot site lista os profissionais da USP que trabalharão nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 - Foto: Divulgação
O hot site lista os profissionais da USP que trabalharão nos jogos olímpicos e paralímpicos Rio 2016 – Foto: Divulgação

A multiplicidade de profissionais envolvidos na organização de megaeventos esportivos garante o sucesso do espetáculo. Para mostrar a participação da Escola de Educação Física e Esporte (EEFE) da USP nos jogos olímpicos e paralímpicos, foi lançado um hot site. O sistema traz informações de pesquisadores, professores, funcionários e ex-alunos que ocuparão as disputadas vagas de trabalhos temporários da cerimônia de abertura e fechamento, das competições e das equipes de apoio dos atletas olímpicos.

Criado desde o começo do ano pela Seção de Relações Institucionais e de Comunicação, o hot site EEFE nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos 2016 está em constante atualização. Mantém um canal aberto para novos cadastros e compartilhamento de histórias de vida, de trajetórias profissionais e atuação dos contratados nos jogos olímpicos.

As informações foram organizadas em categorias, modalidades esportivas, ordem alfabética e ano de formação na EEFE. Na categoria Rugby, por exemplo, Felipe Hardt foi convocado para ser o médico da seleção brasileira de Basquete, do Rugby e do Polo Aquático. Hardt é funcionário da EEFE desde 2013 e trabalha no Laboratório de Determinantes Energéticos de Desempenho Esportivo (Ladesp). Na mesma categoria, está Daniela Ribeiro da Silva Novaes Coelho, gerente do Handebol e do Rugby em Cadeiras de Rodas. Formada na EEFE em 2001, ela ficou responsável pelo planejamento e pela operação das duas modalidades e coordenará atividades relacionadas à parte técnica. Assegurará o funcionamento e o atendimento dos departamentos de instalações, de serviços, alimentação, bebidas, limpeza, medicina, segurança, logística, imprensa e transporte.

Na categoria Estudos Olímpicos, um dos destaques é a professora Katia Rubio. Ela desenvolveu pesquisa na qual apresenta uma coletânea de depoimentos e documentações sobre todos os atletas brasileiros de modalidades individuais e coletivas que participaram de alguma edição dos jogos olímpicos, desde 1920. A publicação traz 1.796 verbetes biográficos e levou 15 anos para ser produzida. Kátia também coordenará a cerimônia de passagem da tocha olímpica no estádio do Pacaembu, SP.

Veja aqui um exemplo de voluntariado no vídeo:

 

Voluntários nos jogos
Durante os jogos, cerca de 70 mil pessoas estarão atuando como voluntárias. Elas serão distribuídas nas áreas de esporte, saúde, atendimento ao público, apoio operacional, credenciamento e comunicação, transporte, produção de cerimônias, protocolo e tecnologia.

Ana Luiza de Mesquita Pinto Souza, aluna do terceiro ano da graduação da EEFE, será uma dessas voluntárias. Durante os jogos, trabalhará como assistente local de competição do Tiro com Arco olímpico e paralímpico. Ana Luiza conviveu com a modalidade desde a infância. Como atleta mirim, foi campeã paulista e brasileira na categoria infantil. Atualmente é instrutora de arco e flecha e árbitra estadual. Na EEFE, está inserida em projeto de iniciação científica.

A ex-aluna da USP Ceres Prado será a team liaison do Handebol. Nessa função, ela terá a responsabilidade de fazer a comunicação da equipe do Handebol com a organização dos jogos. Ficará atenta aos horários dos treinos, verificação de transporte da equipe de um lugar para o outro e acompanhará os atletas em quadra. Ceres também é jornalista e possui formação de treinadores pela Universidade de Leipzig, Alemanha. No basquete, o ex-aluno Bruno Guidorizzi será estatístico nas Paralimpíadas. Atuará como assistente do local de competição na arena de Basquete e centros de treinamentos. É formado pela EEFE em Educação Física no ano de 2006. Em sua trajetória profissional, consta a de técnico das seleções de basquete feminino de base desde 2011 e a consagração de campeão sul-americano “sub 17” feminino como técnico principal.

Gerenciamento

Marcia e Paula, as idealizadoras do projeto que deu origem ao hot site "EEFE nos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos 2016" - Foto: Divulgação
Marcia e Paula, as idealizadoras do projeto que deu origem ao hot site EEFE nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos 2016 – Foto: Divulgação

Os que passaram pela USP alcançaram também o pódio na carreira. Pelas experiências acumuladas no mercado de trabalho, muitos deles ocuparão cargos de lideranças nos jogos olímpicos. É o caso de Carolina Ghorayeb, que será gerente de Serviços de Eventos. Formada na EEFE em 2000, ela será responsável pelo planejamento e entrega de serviços de atendimento aos espectadores e de coordenação de multidões. Carolina é responsável por planejar e gerenciar todo o escopo do evento: as estratégias, os fluxos de pedestres, controle de acesso, serviços de espectadores e de mobilidade para pessoas com deficiência, estratégias de formação para funcionários e voluntários pagos, dentro outras atividades. Na trajetória profissional de Carolina, constam trabalhos na Natura, empresa de cosméticos, e supervisão nos jogos Pan-Americanos.

Foi a partir de uma palestra que Carolina ministrou na EEFE que a ideia do hot site surgiu. Depois de assistir à apresentação de Carolina sobre sua experiência profissional e as expectativas de trabalho no Rio de Janeiro, Marcia de Sá e Paula Basse, coordenadoras do site, consideraram que não poderiam deixar passar a oportunidade para destacar os talentos da Universidade envolvidos nos jogos olímpicos.

Mais informações: (11) 3091-2247 e no site da EEFE

logo jornal rio 2016

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterShare on LinkedInImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados