Fórum Espaço USP discute patrimônio, valor e identidade dos campi

A Coordenadoria do Campus da Capital (Cocesp) realiza nesta quinta-feira, dia 11 de novembro, o terceiro Encontro Temático que compõe

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

A Coordenadoria do Campus da Capital (Cocesp) realiza nesta quinta-feira, dia 11 de novembro, o terceiro Encontro Temático que compõe a grade de programação da 2ª edição do Fórum Permanente sobre Espaço público: a USP e a especificidade de seus campi – Fórum Espaço USP. O tema desse encontro é “Espaço Público: Patrimônio, Valor, Identidade e Pertencimento”.

O tema será discutido em um debate moderado pelo coordenador do Quadrilátero Saúde/Direito, José Agenor Mei Silveira, e contará com a participação do professor da Faculdade de Medicina, Paulo Hilário Nascimento Saldiva; da diretora da Faculdade de Saúde Pública, Helena Ribeiro; da diretora da Escola de Enfermagem e presidente do Conselho Gestor do Campus do Quadrilátero Saúde/Direito, Isília Aparecida Silva; do professor da Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH), Waldir Mantovani; e da representante da Consultoria Jurídica, Clara Marisa Zorigian.

O evento será realizado das 9h às 13h, no Teatro da Faculdade de Medicina, localizado à Av.Dr. Arnaldo, 455, Cerqueira César, em São Paulo . Clique aqui para fazer a inscrição e participar deste 3º Encontro Temático do Fórum sobre Espaço Público.

Histórico

Nesta 2ª edição do Fórum Espaço USP – a abertura aconteceu no dia 31 de agosto, no auditório da Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) – serão realizados quatro Encontros Temáticos, cuja agenda pode ser conferida no site da Cocesp. O objetivo do Fórum é o de promover ampla reflexão e discussão sobre destinação, ocupação e uso dos campi universitários públicos com seus usuários (professores, alunos, funcionários) e a comunidade externa.

A 1ª edição do Fórum Espaço Público foi instalada em abril de 2008 com a finalidade de abrir novos canais de diálogo com a comunidade usuária do Campus da Capital, que por definição não é uma área verde ou um parque público, mas uma área institucional voltada para a educação.

Naquele ano, durante seis meses, foram mobilizadas cerca de 200 pessoas interessadas em discutir o melhor uso do Campus. Os temas que nortearam os debates foram: Segurança em Saúde, Patrimonial e Pessoal; Infra-estrutura, Mobiliário Urbano e Suportes de Comunicação Social; Resíduos; Sistema Viário, Trânsito e Transportes; Patrimônio Natural, Histórico, Científico e Cultural do Campus; Relacionamento com o Entorno Sócio-Cultural, Político, Econômico e Científico.

O relatório final da 1ª Edição do Fórum pode ser consultado na página do perfil do Espaço Público no Stoa, a rede social da USP.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados