Farmácia é premiada por pesquisa sobre efeito anti-inflamatório do fruto guajiru

Estudo foi premiado em eventos internacionais realizados no último mês de junho, na cidade do Porto, em Portugal

Por - Editorias: Ciências
Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail
Guajiru - Foto: Divulgação/ Maurício Mercadante - Sibbr
Guajiru – Foto: Divulgação/ Maurício Mercadante – Sibbr

Estudo sobre ação anti-inflamatória do fruto guajiru, originário da Amazônia e de outras regiões quentes e úmidas do globo, desenvolvido na Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP) da USP, foi premiado em eventos internacionais.

O pesquisador Vinícius de Paula Venâncio comemora a conquista e lembra que foram cinco pessoas contempladas com o prêmio e ele foi o único brasileiro agraciado durante o 3rd International Conference on Occupational & Environmental Toxicology (ICOETOX) e o 3rd Ibero-American Meeting on Toxicology and Environmental Health (IBAMTOX), realizados em junho último, na cidade de Porto, em Portugal.

O artigo In vitro and in vivo anti-inflammatory activity of anthocyanin-rich C.Icaco L. fruit é um desdobramento da tese Atividades in vitro e in vivo do fruto do guajiruzeiro (Chrysobalanus icaco L.) em biomarcadores de estresse oxidativo, danos ao DNA e inflamação, que está em andamento no Programa de Pós-Graduação em Toxicologia da FCFRP, sob orientação da professora Lusânia Maria Greggi Antunes.

Reportagem completa sobre a pesquisa foi publicada pela Agência USP de Notícias em julho de 2015 e pode ser lida aqui.

Gabriela Vilas Boas/Assessoria de Comunicação da PUSP-RP

Mais informações: (16) 3315-4186 ou pelo email: venancio.vinicius@usp.br

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados