Evento na Faculdade de Educação celebra os 80 anos da USP

Realizada no dia 15, a partir das 16h, a programação terá uma exposição de fotos, lançamento de livro e mesa-redonda que abordam as práticas pedagógicas.

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

As atividades destacadas evidenciam que o interesse pela formação de professores para o magistério é constitutivo da própria história da Universidade de São Paulo, assim como a da Faculdade de Educação, ressalta a direção da Unidade

Em comemoração aos 80 anos da USP, a Faculdade de Educação (FE) apresenta uma programação com diversas atividades que analisam as práticas pedagógicas: abertura de exposição de fotos, lançamento de livro e mesa-redonda, no dia do professor, 15 de outubro, próxima quarta-feira.

O evento começa às 16h, com a inauguração da exposição de fotografias “Jardim de Infância da Caetano de Campos – 1923-1935” e o lançamento do livro “Práticas Pedagógicas da Professora Alice Meirelles – 1923-1935”.

Crianças e aquário: “tais imagens denominadas por Alice como “Exercício livre”, “Desenhando e lendo livros”, encontram-se no álbum de 1929 e nota-se a criança com liberdade para escolher a atividade segundo seu interesse, por tais razões a denomina “exercício livre, que dá opções, mas com orientação””, ressalta Tizuko no livro, lembrando que, na época, disponibilizar livros dentro da própria sala, para uso livre das crianças, é uma ideia inovadora

A exposição têm 55 fotos que foram registradas pela professora Alice Meirelles Reis, durante atividades pedagógicas com crianças de 4 a 6 anos, na Escola Caetano de Campos, no período de 1923 a 1935 e, que depois foram doadas pela professora para a FE, em 1982, servindo como embrião para a criação do Museu da Educação e do Brinquedo (MEB) da Unidade.

A organizadora desta exposição é a professora da FE, Tizuko Morchida Kishimoto, que também é a autora do livro lançado, no qual faz uma análise do material fotográfico doado, mostrando as práticas pedagógicas utilizadas por Alice. Este livro foi elaborado com recursos do Pontão de Cultura do Ministério da Cultura – que tem um polo no Laboratório de Brinquedos e Materiais Pedagógicos (Labrimp) da FE, desde 2004 – com tiragem de 150 exemplares, e, futuramente, poderá ser publicado por uma editora.

“A professora Alice realizava práticas pedagógicas inovadoras para a época e implantou uma educação mais democrática, colaborativa com as crianças, desenvolvendo um projeto. As crianças brincavam de lavar roupa e para isso aprendiam a fazer e construir o varal, desenvolvendo habilidades, tendo experiências e se socializando. As crianças pequenas são educadas pela brincadeira e Alice já fazia isso na década de 20 e 30”, destaca Tizuko.

Debate

Às 17h30, acontece a mesa-redonda “USP: 80 anos de compromisso com a formação de professores”, com a participação dos professores da FE: Diana Vidal, Myriam Krasilchik; Bruno Bontempi; Celso de Rui Beisegel; e da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH), Janice Teodoro.

De acordo com a direção da FE, o objetivo da mesa-redonda é reafirmar o compromisso com a escola pública básica de qualidade, a insistência na formação inicial para o magistério, ampliar as formas de acolhimento dos professores em exercícios, oferecendo-lhes oportunidade da formação contínua, preocupações que animaram a criação da USP e, ainda hoje, confirmar sua importância.

A exposição, que ficará aberta para visitação durante um mês, o lançamento do livro e a mesa-redonda serão realizadas na Biblioteca da FE, localizada na Avenida da Universidade, 308 – Cidade Universitária, São Paulo.

Mais informações com Lina Flexa, pelo telefone: (11) 3091-3206

(Foto: Álbum de fotografia do Jardim de Infância de Alice Meirelles Reis 1929 – Acervo do MEB)

Share on Facebook0Share on Google+0Tweet about this on TwitterShare on LinkedIn0Print this pageEmail

Textos relacionados