Revista de semiótica traz estudos sobre funk e publicidade

A revista traz resenhas e artigos de pesquisadores que se enquadrem na área da semiótica

Por - Editorias: Ciências Humanas
Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

cover_issue_9455_pt_BREditada pelo Programa de Pós-Graduação em Semiótica e Linguística Geral da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH) da USP, a revista Estudos Semióticos acaba de publicar sua mais recente edição (vol. 12, número 2, 2016).

A revista traz resenhas e artigos de pós-graduandos e pós-graduados que se enquadrem na área da semiótica ou em domínios conexos que lidem com os signos, os textos, os discursos e as práticas sociais produtoras de sentido, desde que sejam inéditos e dialoguem com as teorias semióticas. Entre os temas debatidos na edição, estão uma análise sobre a semiótica hoje, a signagem de Décio Pignatari e as repercussões dos vídeos de MC Melody e as disputas no campo da infância, além de diversos outros.

A nova edição pode ser consultada neste link.

Mais informações: e-mail rev.esse@usp.br

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados