Estudioso da comunicação Jesus Martín-Barbero é tema da revista MATRIZes

Pesquisador estudou as teorias das mediações no contexto latino-americano e é um dos atuais expoentes dos estudos culturais

Por - Editorias: Ciências Humanas
Jesús Martin-Barbero – Foto: Pensadores.com via YouTube

Acaba de ser lançada a nova edição da revista MATRIZes (volume 12, número 1, 2018). A publicação é editada pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências da Comunicação da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP.

A revista traz um dossiê dedicado a Jesus Martín-Barbero (1937), semiólogo, antropólogo e filósofo colombiano, nascido na Espanha, considerado um importante estudioso no campo da comunicação, em alusão aos trinta anos da publicação do livro De los medios a las mediaciones (Dos Meios Às Mediações: Comunicação, Cultura e Hegemonia). O editorial da edição relata que Barbero desenvolveu uma “teoria da comunicação de pleno direito, caracterizada por uma epistemologia, metodologia e conceitos próprios. Teoria enraizada no contexto latino-americano, como destaca Omar Rincón, no texto posterior, que mostra que a obra de Martín-Barbero surge num contexto no qual a comunicação vem sendo pensada de outro modo: “mais [a partir] das pessoas e menos dos meios; mais das identidades, menos da indústria”.

Os textos reunidos no dossiê abordam diversos aspectos da obra de Barbero, como o diálogo de seu pensamento com os Estudos Culturais, o papel dos meios e da tecnologia na teoria das mediações e o modo como desenvolve abordagem original a respeito do conceito de hegemonia. Também é apresentada uma resenha de seu livro mais recente, Ver con los otros: comunicación intercultural. Além dos artigos sobre o autor, a publicação inclui um texto inédito em português que reúne as diferentes introduções publicadas nas sucessivas reedições do livro.

A publicação na íntegra, bem como as edições anteriores, podem ser consultadas no Portal de Revistas da USP.

Mais informações: e-mail matrizes@usp.br

Textos relacionados