Engenheiros de petróleo são público de livro de docente da Poli

Publicação de docente da Escola Politécnica trata de área que ainda tem lacuna de profissionais no País

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
Navio petroleiro – Foto: Pedro Bolle/ USP Imagens

Foram dois anos de produção e outros dois de edições finais. Durante mais de 500 páginas de seu novo livro, Luiz Roberto Terron trata de assuntos como os meios de discriminação dos constituintes do petróleo; técnicas de medições experimentais; propriedades volumétricas, calóricas e equilíbrio líquido-vapor de hidrocarbonetos e misturas; análise de petróleo e frações; e modelagem e cálculo das propriedades de caracterização. Ao término, há ainda um capítulo destinado a exercícios para auxiliar na compreensão e assimilação dos conteúdos dispostos.

Propriedades dos Fluidos Derivados do Petróleo (2017), lançado pela LTC Editora, é fruto de uma disciplina laboratorial do curso de Engenharia de Petróleo da Escola Politécnica (Poli) da USP. Professor aposentado do Departamento de Engenharia Química (PQI), o autor reuniu na obra dez anos de aulas ministradas e todas as experiências vividas como docente.

Atualmente, o Brasil possui 42 cursos destinados à Engenharia de Petróleo. Entretanto, o número é incapaz de suprir a demanda de 7 mil engenheiros que o mercado nacional necessita. Para Terron, a obra chega para ajudar a preencher tais lacunas ainda existentes no País. O professor defende que o conteúdo publicado também pode ser utilizado na consulta de pós-graduandos, pesquisadores e profissionais da área.

Luiz Roberto Terron também é autor da obra Operações Unitárias para Químicos, Farmacêuticos e Engenheiros, publicada em 2012.

Propriedades dos Fluidos Derivados do Petróleo pode ser adquirido no site da editora.

Mais informações: e-mail lrterron@usp.br, com o autor

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Textos relacionados