Mau hálito, dentes sensíveis e materiais odontológicos são temas de publicação

Nova edição do “Journal of Applied Oral Science” trata também de reparos ósseos e formas de tratamento de canal

O Journal of Applied Oral Science acaba de publicar sua mais nova edição (volume 26, 2018). A revista, que traz pesquisas em inglês, pretende divulgar avanços científicos e tecnológicos alcançados pela comunidade que estuda as condições dentárias, sempre de acordo com os padrões internacionais de aceitação.

 

Alguns dos textos presentes neste volume têm como foco principal o efeito do uso de certos produtos e instrumentos em procedimentos dentários, como nos estudos Reliability of light microscopy and a computer-assisted replica measurement technique for evaluating the fit of dental copings, que trata da utilização de microscópios ópticos e de técnicas baseadas em computadores, e Preemptive use of etodolac on tooth sensitivity after in-office bleaching: a randomized clinical trial, que gira em torno da adoção de um anti-inflamatório para dentes sensíveis. Já o artigo Two mechanisms of oral malodor inhibition by zinc ions revela os mecanismos de inibição da halitose (mau hálito) por meio dos íons de zinco.

 

Outros, como Oral health-related quality of life of children with oral clefts and their families, têm uma abordagem voltada à qualidade de vida de certos pacientes com problemas dentários.

 

Para ler na íntegra, acesse o Portal de Revistas USP.

 

Mais informações: e-mail jaos@usp.br

Textos relacionados