Campus de Pirassununga sedia o 8º Encontro Gefim

De 3 a 26 de julho, acontece no campus da USP em Pirassununga, o 8º Encontro de Gestão Financeira e de Materiais (Gefim).

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Com o tema “Empatia para Resultados”, o encontro muda um pouco o foco das discussões e passa a abordar a questão comportamental: entender a necessidade do outro é fundamental para melhorar a qualidade dos serviços prestados.

De 3 a 26 de julho, acontece no campus da USP em Pirassununga, o 8º Encontro de Gestão Financeira e de Materiais (Gefim). Criado para discutir os principais temas relacionados à administração financeira e de material, o encontro acontece a cada dois anos e reúne cerca de 650 profissionais que atuam nessa área, em todas as Unidades e Órgãos da Universidade.

A cerimônia de abertura do Encontro contou com a presença do reitor João Grandino Rodas (à esquerda) e de outros dirigentes da Universidade

Por causa do grande número de participantes, o encontro é dividido em quatro turmas que ficam três dias reunidas no campus para desenvolver as atividades. A programação desse ano inclui palestras como a de “Tendências e Desafios para a Gestão de Pessoas”, ministrada pelo diretor do Departamento de Recursos Humanos (DRH), Joel Souza Dutra; a exibição dos resultados da pesquisa de satisfação realizada no começo do ano pelo Gefim; a apresentação da Escola Técnica de Gestão e da Superintendência de Gestão Ambiental; além de oficinas e outras atividades.

O tema desse ano é a “Empatia para Resultados”. Como explica o presidente da Comissão do Gefim, João Antonio Aparecido Salla, “nos encontros anteriores, nós já havíamos trabalhado procedimentos, técnicas de gestão, qualidade, etc. Agora, o foco está no comportamento. A ‘empatia para resultados’ significa colocar-se no lugar do outro para entender melhor suas necessidades e fornecer um atendimento mais eficiente e de qualidade”.

A cerimônia de abertura do 8º Encontro Gefim contou com a presença do reitor João Grandino Rodas e de outros dirigentes da Universidade. “A eficiência é importante. Apesar da corrupção, ser apontada como um dos principais problemas da administração pública brasileira, se não houver eficiência administrativa, podemos perder até mais dinheiro do que perdemos com a corrupção. Quem não quiser fazer ou quiser fazer pouco, que não se candidate ao cargo”, considerou o reitor, que também elogiou a participação de todos e lembrou que o Gefim foi a iniciativa pioneira que deu origem a tantos outros grupos de discussão como o de Gestão de Integração de Dirigentes (Geindi), o de Gestão de Informática (Geinfo) e o de Gestão de Comunicação (Gecom).

O vice-reitor Executivo de Administração (VREA), Antônio Roque Dechen, lembrou que, na atual gestão, muitas mudanças e inovações foram introduzidas. “Naturalmente, a VREA é o local onde mais ocorrem as cobranças. E seria muito difícil superar as dificuldades para cumprir as tarefas que lhe são devidas se não fosse pelo apoio e pela dedicação de toda a equipe, que executa suas atividades com eficiência, qualidade e presteza”.

Dechen também ressaltou a importância da participação do vice-reitor Executivo de Administração da Unicamp, Orlando Fontes Lima Júnior, e de aproximadamente 40 funcionários dessa universidade. “A presença do vice-reitor de Administração da Unicamp é muito importante e é um sinal de que partilhamos dos mesmos problemas e por isso devemos trabalhar mais juntos”.

Gestão Financeira e de Materiais (Gefim)

Criada em 1996, com o objetivo de reavaliar normas e procedimentos da Universidade relacionados aos temas de administração financeira e de materiais, a Comissão para Reestruturação dos Sistemas de Gestão Administrativa e Financeira, posteriormente chamada de Comissão de Gestão Financeira e de Materiais (Gefim), desenvolve atividades com o propósito de modernizar os processos administrativos e melhorar de maneira contínua a qualidade dos serviços prestados.

Ao todo, aproximadamente 650 pessoas participam dessa 8ª edição do Encontro de Gestão Financeira e de Materiais, que acontece entre os dias 3 e 26 de julho, no campus da USP em Pirassununga

Desde o início, dois dos principais problemas, identificados pela Comissão, para uma gestão de recursos mais eficiente foram a distribuição geográfica em vários campi e a inexistência de padronização dos procedimentos administrativos da Universidade. Para vencer esses obstáculos, a Comissão do Gefim propôs a realização de reuniões envolvendo representantes de todas as Unidades e Órgãos e, com o apoio da Vice-Reitoria Executiva de Administração (VREA), a Comissão passou a realizar encontros bienais, para a discussão de questões que afetam as áreas de material e finanças e a troca de experiências.

Assim, desde 1997, sete encontros já foram realizados e seus resultados podem ser percebidos em diversos aspectos como a recuperação do valor estratégico das áreas financeira e de materiais; a facilidade de implementação de mudanças e a revisão de procedimentos; a implantação do Sistema Mercúrio, em 2000; o estabelecimento de novos canais de comunicação e a ampliação da transparência. Além dos encontros, a Comissão também organiza treinamentos, revisão de processos, integração de áreas e a realização de projetos específicos.

(Foto: Ernani Coimbra)

Compartilhar no FacebookCompartilhar no Google+Tweet about this on TwitterImprimir esta páginaEnviar por e-mail

Textos relacionados