Viagem de Temer à China aprofunda relações bilaterais

Colunista explica que intenção é diversificar a pauta de exportações brasileiras e buscar investimentos

.
Rubens Barbosa aborda a viagem do presidente Michel Temer à China. “O Brasil é um grande fornecedor de produtos agrícolas para a China”, explica. “Temos um comercio agrícola muito importante: 50% da importação de soja da China vem do Brasil, além de 82% de frango e de 30% da carne.”

Sobre a busca de investimentos com as privatizações e concessões anunciadas pelo governo Temer, Barbosa diz achar “difícil, nessa conjuntura, aumentar significativamente os investimentos”. Mas pondera que “é importante que seja feito um esforço de divulgação do que está sendo feito aqui”.

Textos relacionados