Venezuela não cumpre normas e é suspensa do Mercosul

No próximo dia 14, uma reunião do Conselho do Mercosul deverá eleger a Argentina como presidente do bloco, primeiro efeito prático da saída da Venezuela

logo_radiousp790px
.

Foto: Wikimedia Commons
Foto: Wikimedia Commons

Por não cumprir as normas previstas pelo acordo comercial que reúne os países do cone sul, a Venezuela está suspensa do Mercosul. Com isso, o país de Nicolás Maduro não pode mais participar – ao menos temporariamente, já que a suspensão não é definitiva – das decisões do bloco. Evidentemente, a Venezuela não recebeu bem a medida e disse que vai apelar da decisão. Ela já conta com pelo menos um apoio: o da ex-presidente Dilma Rousseff, que se manifestou contrária à decisão de suspender a Venezuela do Mercosul.

Textos relacionados